na lista

Um presídio traz mais segurança, diz secretário de Gravataí

Na posse de Flávio, em abril, prefeito revelou contato feito pelos governos estadual e federal para presídio

Com o recuo da Prefeitura de Eldorado em receber o presídio federal para 228 presos de alta periculosidade, Gravataí volta a figurar na lista de municípios que preenchem requisitos para instalação do investimento de R$ 40 milhões.

Além da disponibilidade de áreas, Gravataí tem duas características que ponteiam o caderno de exigências do Departamento Penitenciário Nacional (Depen): a proximidade a rodovias de grande porte, como a Freeway, e ao aeroporto Salgado Filho.

O secretário de Segurança do município, Coronel Flávio Lopes, não tem informações novas, ou mantém sigilo sobre as negociações.

– Já tínhamos como definida a escolha da área da Fepagro, em Eldorado. Confirmada a desistência, lá em abril nos colocamos como interessados em ouvir a proposta do governo federal e então pesquisar áreas – argumentou há pouco ao Seguinte:, lembrando que minutos antes de dar posse a ele, o prefeito Marco Alba (PMDB) recebeu uma ligação do secretário estadual da Segurança, Cezar Schirmer, que estava ao lado do então ministro da Justiça Osmar Serraglio, que sondaram a possibilidade de Gravataí indicar áreas para o presídio.

– O prefeito disse apenas que estava à disposição para conversar e era para incluir Gravataí na lista.

O coronel, com uma bagagem de três décadas de Brigada Militar, onde comandou quatro batalhões e administrou o Hospital da BM, observa que, ao contrário das primeiras impressões de leigos, um presídio traz mais segurança ao município sede – prioridade anunciada desde o primeiro dia do governo.

– Charqueadas é um exemplo, está entre as cidades com menor sensação de insegurança. O movimento da Brigada, Polícia Civil e Susepe é muito maior na cidade. É normal num primeiro momento a comunidade achar que é uma coisa ruim, mas na prática e nas estatísticas, aumenta a segurança – resume, sem antecipar se haverá algum movimento mais agressivo da Prefeitura para buscar a instalação do presídio, que em Eldorado tinha a garantia do subcomandante geral da BM gaúcha, Mário Ikeda, de reativação de um posto policial entre contrapartidas das autoridades de segurança ao município.

 

'Capital dos presídios'

 

Na próxima semana, representantes do Dspen voltam ao Rio Grande do Sul para retomar as conversas com o governo estadual. ‘Capital dos presídios’ do RS, Charqueadas, cujas áreas e localização tinham desagradado os técnicos, volta a ser a favorita para receber o presídio federal.

De volta à lista inicial, a Prefeitura de Gravataí, por enquanto, oficialmente estaria apenas observando.  

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade