granpal

Pauta de prefeitos da região tem consórcio de transporte coletivo, hospitais, pedágios, estiagem e South Summit

Prefeitos em exercício de Gravataí e Cachoeirinha participaram de Assembleia Geral da Granpal | Foto ALEX ROCHA

Com a presença de prefeitos, como os exercício em Gravataí, Dr. Levi, e Cachoeirinha, Maurício Medeiros, vice-prefeitos e representantes, a Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre (Granpal) realizou sua Assembleia Geral Ordinária nesta quinta-feira. Foi a primeira reunião na nova sede da entidade, que fica no Instituto Caldeira. Mobilidade, saúde, pedágios e inovação foram os principais temas discutidos no encontro.

A recente reunião entre a Granpal e o governo do Estado para discutir questões de mobilidade urbana foi a primeira pauta. O presidente e prefeito de Porto Alegre Sebastião Melo destacou que o problema é antigo, passando por diversos governos sem qualquer solução prática. 

– Precisamos criar um Consórcio para melhorar o transporte coletivo da Região Metropolitana. Além disso, essa discussão precisa ser levada a todos os próximos candidatos ao governo, para que apresentem propostas concretas aos municípios – afirmou. 

A aprovação no Senado do PL 4.392/2021, que prevê a destinação de R$ 5 bilhões para subsidiar a gratuidade de maiores de 65 anos no transporte coletivo,  também foi avaliada. Melo esteve em Brasília nos dias que antecederam a votação e foi um dos principais interlocutores dos prefeitos de Capitais durante as negociações. 

– A Granpal teve uma participação importante nas discussões e o projeto foi aprovado por unanimidade. Agora, segue para a Câmara Federal. Esse assunto é um problema de todos e, se aprovado, será uma vitória muito importante para todo o Brasil – ressaltou.

A instalação de uma praça de pedágio na RS-118, prevista no Plano de Concessão do governo do Estado, foi outro tema abordado. A reunião contou com a participação do deputado estadual Tiago Simon e representantes da Federasul, que debateram o assunto sobre a cobrança tarifária em perímetro urbano. A Granpal irá analisar o tema.

Após diversas reuniões com o governo do Estado, a Granpal conseguiu adiar a entrada em vigor do Programa Assistir na Saúde. As verbas destinadas à área permanecem no patamar atual até o final de junho deste ano. Depois,  está prevista uma redução de 17% no orçamento — ainda assim, muito menor do que o que havia sido proposto em agosto do ano passado pelo Estado. Apesar da vitória política, os prefeitos seguirão mobilizados.

– Vamos lutar para zerar as perdas. Inclusive vamos solicitar que o Fórum da Saúde estude e aponte como os municípios e hospitais podem credenciar novos serviços e evitar cortes – disse Melo.

Um seminário para discutir ações, alternativas e intervenções que possam ser feitas nas bacias do Sinos, Gravataí e Guaíba para combater a estiagem será realizado pela Granpal. Uma equipe está organizando o encontro, previsto para acontecer em abril. Outras iniciativas estão em curso.

O CEO do Instituto Caldeira, Pedro Valério, também participou da Assembleia. Ele apresentou ações que estão sendo construídas pelo Instituto — vinculadas a tecnologia e inovação — e que podem interessar à Granpal. 

– Estamos articulando visitas nos principais ecossistemas de inovação do mundo e do Brasil. Precisamos entender como outras cidades se constituíram e como podemos usar a tecnologia para mudar a vida das pessoas – afirmou. 

Valério fez o convite para que a Granpal integre as missões previstas e auxilie na formulação de agendas. Já estão confirmadas idas ao Vale do Silício, Israel e Portugal.

A preparação para a participação dos municípios da Região Metropolitana no South Summit 2022, em maio, em Porto Alegre, está a todo vapor. O evento, considerado um encontro global de inovação, é uma oportunidade para novos negócios, capacitações e conexões entre executivos, investidores, profissionais e estudantes.

O Fórum de Inovação, que tem a participação dos secretários de inovação da Granpal, está criando um documento, que será entregue aos investidores presentes. O objetivo é mostrar as potencialidades da Região, como os ativos econômicos, as vocações e o potencial de cada uma das 19 cidades que compõem a entidade.

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade