crise do coronavírus

Hospital de Campanha de Cachoeirinha não fecha em 2020

Hospital de Campanha de Cachoeirinha funciona no ginásio municipal da Fátima

O prefeito Miki Breier e secretário de Saúde, Juliano Paz, anunciaram a renovação do contrato que manterá o Hospital de Campanha de Cachoeirinha funcionando até final de dezembro.

– A pandemia ainda não acabou. Então pedimos para as pessoas manterem os cuidados e continuamos trabalhando para cuidar da saúde da nossa população – reforçou o prefeito.

Inaugurado em abril, o Hospital de Campanha de Cachoeirinha já realizou mais de seis mil atendimentos e, atualmente, cerca de 150 pessoas são atendidas ao dia. Ao todo, o município tem 4.576 casos confirmados, 2.680 recuperados, 12.754 testes realizados e 112 óbitos.

Segundo o prefeito Miki Breier, a cidade se mantém com a menor taxa de mortalidade da região.

– Mesmo com o aumento de casos, ainda temos o menor número de óbitos da região metropolitana.

Segundo o secretário de Saúde, o aumento dos atendimentos também se deve ao fechamento de hospitais em cidades vizinhas.

– O encerramento de hospitais de campanha em outras cidades da região também fez com que muitos pacientes viessem até nós. Não vamos, de forma alguma, negar um primeiro atendimento. Por isso, pedimos compreensão da população – explicou.

Uma ferramenta que, desde o lançamento, já auxiliou muito a equipe médica e a população é o aplicativo Cachoeirinha Contra Coronavírus. Em casos de sintomas, baixe o aplicativo, disponível para aparelhos android e iOS, no link: http://cachoeirinha-rs.coronavirus.tmp.br/.

 

LEIA TAMBÉM

UTIs de Gravataí lotadas como nunca; a ’eleição’ e o verão da COVID

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade