prepare o bolso

Em tempo de aguaceiro Corsan aumenta as tarifas

Aumento nas tarifas da água da Corsan foi autorizado pela Agergs e vai vigorar a partir do mês que vem segundo a companhia

Em dias que se fala tanto em água, por causa das cheias dos rios e arroios de quase todo o Rio Grande do Sul, e com as comunidades de Gravataí e Cachoeirinha, entre várias outras cidades da Região Metropolitana, enfrentando alagamentos em consequência da chuvarada, mais uma com água: o aumento das tarifas.

O reajuste foi publicado ontem (1/6) no site da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) depois de terem sido definidos os percentuais pelas agências reguladoras do estado. No caso de Grande Porto Alegre – leia-se Gravataí, Cachoeirinha e Viamão – o índice de aumento é de 4,17% estabelecido pela SAgência Reguladora dos Servidos Delegados do Rio Grande do Sul (Agergs).

O aumento entra em vigor a partir do dia 1º de julho, de acordo com a Corsan. O percentual de 4,17% é o mesmo estabelecido pela Agência Reguladora Pró-Sinos que atinge Canoas, Esteio, Igrejinha, Nova Santa Rita, Parobé, Portão, Riozinho, Rolante, Sapiranga, Sapucaia do Sul e Três Coroas.

O percentual mais barato de aumento – 4,10% – vai ser para os usuários de Erechim e o mais alto – 5,32% – vai atingir os consumidores de São Borja. Fora estes dois municípios que têm agências reguladoras próprias, e os do Vale dos Sinos, todos os demais municípios do estado estão sob a regulamentação da Agergs.

 

Para equilibrar

 

Os índices são calculados anualmente com base em uma cesta de indicadores para o setor de saneamento e visam assegurar o equilíbrio econômico-financeiro da Companhia, necessário para a manutenção dos sistemas de água e esgoto.

A nova tabela tarifária, que incidirá sobre a totalidade das faturas de serviços praticados pela Corsan, estará disponível no site e nos escritórios locais da Companhia.

 

Os índices homologados:

 

Agência               Índice de reajuste               Município(s)

Ager                    4,10%                               Erechim

Agesb                  5,32%                              São Borja

Pró-Sinos             4,17%                            Canoas, Esteio, Igrejinha, Nova Santa Rita, Parobé, Portão, Riozinho, Rolante, Sapiranga, Sapucaia do Sul e Três Coroas

Agergs                 4,17%                              Demais municípios

 

Justificativa

 

Na mesma página em que informa os índices de reajuste autorizados, a Corsan divulga o montante financeiro de investimentos feitos no estado nos últimos dois anos, como forma de justificar o pedido de reajuste e os índices de majoração que foram autorizados. 

— Foram mais de R$ 535 milhões investidos em obras para tratamento e distribuição de água, coleta e tratamento de esgoto no período de 2015 a 2017. Somente em água foram investidos R$ 277,6 milhões, e em esgoto R$ 257,9 milhões, beneficiando os municípios atendidos pela companhia.

E finaliza:

— Neste período, foram implantados 582,6 quilômetros de redes de água e 231,1 quilômetros de redes de esgoto. Obras que contribuem para valorizar os imóveis, reduzir gastos com saúde e melhorar a qualidade de vida da população.

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade