solidariedade

Cachoeirinha recebe certificado de conclusão de todas as etapas do MigraCidades 2021

Maurício e secretárias receberam certificação

O prefeito em exercício, Maurício Medeiros, a secretária de Assistência Social, Cidadania e Habitação, Cristina Mesquita, e a coordenadora de Proteção Social Especial, Simone Moraes, receberam o certificado prévio de conclusão do MigraCidades 2021.

A comprovação é fornecida pela Organização Internacional para as Migrações (OIM), a Agência para Migrações e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Desta forma, o município conclui todas as etapas do processo de certificação em governança migratória local.

Cachoeirinha é uma das 22 cidades brasileiras reconhecidas com o selo em razão das ações desenvolvidas no acolhimento aos imigrantes. Em 2020, o município já havia iniciado a participação no processo. Neste ano, foi concluído o acolhimento para pessoas adultas, ampliando para 32 vagas, e foi dada continuidade no serviço de documentação, elaboração de currículos e criação do Projeto de Lei para os imigrantes, que será colocado em prática em 2022.

– Além disso, recebemos o atestado de participação de Boas Práticas pelo guia produzido com todos os serviços da cidade e cartazes com orientações sobre o coronavírus nos idiomas espanhol e francês – informou a secretária Cristina.

A entrega oficial do certificado, com as assinaturas das entidades que promovem o MigraCidades, será on-line.

– Ficamos honrados pelo reconhecimento que Cachoeirinha vem recebendo. Com isso, comprovamos que nosso município acolhe a todos que chegam e trabalha para promover serviços dignos à população – ressaltou o prefeito em exercício.

O Migracidades foi instituído para auxiliar os governos locais a apreciarem, fortalecerem e construírem políticas migratórias. Para ganhar o selo, o município deve ter um trabalho consolidado com imigrantes, boas práticas e passar por um processo de capacitação. 

Ao todo, são cinco etapas que envolvem a plataforma. Elas são: Inscrição, que se resume na realização de um curso on-line e leitura dos materiais instrutivos; Diagnóstico e Priorização, execução de uma reunião intersetorial para apresentação da proposta de certificação, que é revisada pela OIM; Certificação, fornecida pela UFRGS que encaminha o selo MigraCidades ao município; e Monitoramento, que é baseado na implementação e registro das ações e reunião para acompanhamento.

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade