3º Neurônio | ideias

Negacionistas, aglomerem-se

Suspenderam um almoço que seria realizado amanhã, no Clube Monte Líbano, em São Paulo, com Bolsonaro e o homem do jaburu, organizado por empresários da comunidade libanesa.

O almoço teria 400 pessoas. Desistiram por causa da pandemia. Foi um erro. O almoço deveria ser mantido.

Deveriam enfiar os 400 convidados num salão, fechar as portas e deixar a turma com Bolsonaro e o jaburu até o fim da tarde.

Eventos desse tipo deveriam se multiplicar pelo Brasil. Cafés, almoços e jantares para admiradores de Bolsonaro e do jaburu. Todos, claro, sem máscara.

Os bolsonaristas precisam se amontoar em almoços, bailes, quermesses e orgias com overdose de cloroquina.

Um negacionista em isolamento é um fraco. Negacionista tem que fazer festa e se amontoar. Um bom negacionista precisa trocar seus vírus com os vírus dos outros. Mas sem direito a UTI.

A pandemia é a grande farra da extrema direita.

Façam banquetes com Bolsonaro e o jaburu. Saiam de casa, seus covardes.

 

Texto publicado originalmente no blog do Moisés Mendes:

https://www.blogdomoisesmendes.com.br/negacionistas-aglomerem-se/

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade