negócios

Sala do Empreendedor de Gravataí recebe certificação Ouro da Fundação Nacional da Qualidade

A Sala do Empreendedor, serviço vinculado à Prefeitura de Gravataí, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SMDET), em parceria com o Sebrae, recebeu o Selo Ouro de qualidade em atendimento da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ).

A entrega ocorreu durante o IV Seminário Estadual Brasil Mais Simples, na 30ª Mercopar Feira de Inovação Industrial, em Caxias do Sul.

– Essa premiação mostra o compromisso que Gravataí tem com quem quer empreender, com quem gera empregos e faz a nossa economia girar. Estamos muito satisfeitos com este reconhecimento – disse o prefeito Luiz Zaffalon.

Para o coordenador do programa de Microempreendedores Individuais (MEI) na SMDET, Marcos Benia, este prêmio reflete o aprimoramento das políticas públicas em prol do empreendedor.

– Nos últimos anos, estamos trabalhando com afinco para melhor atender os empreendedores individuais da cidade.

Também participou da premiação, o secretário substituto municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Iuri Camargo, que ressaltou a qualidade da equipe e o aprimoramento das técnicas junto ao Sebrae como itens garantidores deste prêmio.

Neste ano, mais de mil novos MEIs foram criados em Gravataí, dando oportunidade para que o empreendedor enfrente a crise econômica com menos burocracia e possa gerar renda. Em 2020, Gravataí ficou com o Selo Bronze, evoluindo duas categorias de qualidade de uma edição para a outra.

Foram avaliados 24 critérios no total, respondidos pelos municípios no site da FNQ. Para conquistar o Selo Bronze, as Salas do Empreendedor precisavam ofertar pelo menos nove serviços básicos de uma lista de 12 opções, entre eles, serviços de orientação e formalização de empresas. Já para conquistar o Selo Prata, além dos pré-requisitos do selo Bronze, foram exigidos mais seis serviços intermediários de uma lista de oito opções, como, por exemplo, o atendimento do Corpo de Bombeiros, orientação para participação nas compras públicas e oferta de microcrédito.

Para ser Ouro, além dos pré-requisitos para os níveis básico e intermediário, foi exigido das Salas do Empreendedor o oferecimento de, pelo menos, mais três serviços avançados de uma lista de quatro opções: coworking, assessoria jurídica, atendimento virtual e alvará on-line.

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Emocore Rave

Expansionismo genético Votem no clichê sagrado Em edição americana Sempre haverá uma Salém Ossos no fundo do poço Carne new wave Emocore rave Para o mal Para o bem.

Leia mais »