o seguinte indica:

TRE cassa Pezão, mas ele não sai: o caso do governador do Rio e outros parecidos

Decisão contra Pezão só será cumprida caso seja confirmada pelo TSE. Eleição direta só acontece se condenação for publicada ainda em 2017

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro cassou na tarde de quarta-feira (8/2) os mandatos do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) e seu vice Francisco Dornelles (PP).

A chapa que eles formaram em 2014 foi condenada por abuso de poder econômico e político, mas os dois permanecerão no cargo até que o caso seja julgado pelo Tribunal Superior Eleitoral, última instância da Justiça Eleitoral.

Os dois foram acusados de omitir despesas com produção de material de campanha. Cerca de R$ 10 milhões teriam sido gastos irregularmente. O pedido de cassação foi protocolado pelo PSOL.

 

Leia a matéria completa clicando aqui.

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade