política

O músico no cemitério público de Gravataí; Governar também pode ser simples

O prefeito Luiz Zaffalon fala, desde que assumiu em janeiro, em buscar uma "sensação de pertencimento" em quem mora em Gravataí.

Reputo uma ação simples e barata, que ele autorizou neste Finados, merece parabéns. Um músico recepcionou famílias que visitaram o Cemitério Municipal (Rua Nestor de Moura Jardim, 750, bairro Salgado Filho) no sábado.

Nesta terça o cortejo musical se repete, com Claiton Paim. 

– A ideia é confortar e deixar o momento de homenagens aos entes queridos mais suave e agradável para os familiares e amigos – diz o secretário de Serviços Urbano, Paulo Garcia.

Ao fim, são coisas assim que incentiva o 'bairrismo do bem' que Zaffa quer. É uma ação rotineira em cemitérios privados. Se faz bem para o rico, também faz para os mais pobres.

É claro, com um cemitério público bem cuidado, antes de tudo.

 

Assista à interpretação do músico

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Emocore Rave

Expansionismo genético Votem no clichê sagrado Em edição americana Sempre haverá uma Salém Ossos no fundo do poço Carne new wave Emocore rave Para o mal Para o bem.

Leia mais »