cultura

Musicais de CTG são resgatados em Cachoeirinha

As tradições gaúchas serão contadas por meio de produções audiovisuais, com 12 músicas autorais compostas para o segmento dos grupos de dança tradicional do Rio Grande do Sul. É o resgate e a promoção do segmento cultural dos musicais de CTGs. 

As obras são como ‘mini operetas’, com início, meio e fim, e trazem histórias e mensagens com os mais variados temas como a preservação do meio ambiente; a luta do povo negro; a cultura indígena; a mulher gaúcha; a história do RS; entre outros”, conta o ator, cantor e apresentador Leandro Berlesi, proponente do projeto “A Regionália – A arte em ação”. 

Os 12 vídeos, produzidos em parceria com músicos ligados ao CTG Roda de Carreta, CTG Rancho da Saudade e com passagem pelo CTG Guapos da Amizade, todos de Cachoeirinha, serão disponibilizados integralmente no YouTube e Facebook e os áudios estarão à disposição do público nas plataformas de streaming.

As obras já estão em fase de produção e estão previstas para estrearem no dia 20 de setembro, data máxima de celebração das tradições gaúchas. E desta tradição Leandro Berlesi entende bem. Ele foi apresentador do programa Heranças do Sul, exibido pelo SBT/RS de 2010 a 2014.

Atuando há 20 anos com uma forte presença junto à música tradicionalista, Leandro gravou o primeiro CD em 2004, com o grupo Beira D’Estrada.

– Já levei a arte gaúcha para vários Estados e para fora do Brasil, como os Estados Unidos, por exemplo, onde toquei um baile gaúcho em plena Times Square.

O artista está morando em Cachoeirinha há 8 anos.

O Fundo da Cultura de Cachoeirinha (FUCCA) é uma iniciativa do município de Cachoeirinha, através da Secretaria de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo, de fomentar setores da cultura da cidade por meio do financiamento de projetos selecionados via edital. Este ano, são dez projetos, que receberão o valor de R$ 10 mil cada um, para executar sua ação cultural no município até o prazo de 31 de dezembro.

Para o prefeito Miki Breier, o FUCCA é uma importante forma de incentivar a cultura.

– E estamos sempre buscando mecanismos para impulsionar o setor está entre os mais atingido pela pandemia.

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Emocore Rave

Expansionismo genético Votem no clichê sagrado Em edição americana Sempre haverá uma Salém Ossos no fundo do poço Carne new wave Emocore rave Para o mal Para o bem.

Leia mais »