o seguinte indica:

O eterno verão de Zé Celso

Zé Celso no piso subterrâneo do Teatro Oficina. Foto | LILO CLARETO

Um dos grandes mestres do teatro brasileiro está prestes a completar 80 anos. Lúcido, sorridente, atuante.

Muitos se perguntam qual é o segredo de José Celso Martinez Corrêa (Araraquara, 1937), o Zé Celso, para preservar tamanha energia e criatividade depois de 58 anos à frente do icônico Teatro Oficina – símbolo de resistência artística (e política) cravado no Bixiga, em São Paulo.

Mas a verdade é que desse “xamã do teatro”, como ele gosta de se definir, não há segredos para se arrancar.

Confira a matéria completa do El País clicando aqui.

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade