crise do coronavírus

Como um meme, Leite pintou o mapinha: Gravataí e Cachoeirinha em bandeira vermelha; 50 tons de alguma cor para volta às aulas

Eduardo Leite conseguiu fazer o pior no que tinha de melhor. Transformou o Distanciamento Controlado, pioneiramente apresentado por seus universitários como a ciência contra o coronavírus, num modelo tão decadente quanto as influências políticas e econômicas que o destruíram.

Em Gravataí e Cachoeirinha, na prática das ruas, e da fiscalização, já eram somente ’50 tons de alguma cor’.

A informação desta terça é que o Rio Grande do Sul inteiro está em bandeira vermelha a partir desta quarta, três dias depois do mesmo governador colocar todos os municípios pela 51ª semana em bandeira preta, de altíssimo risco de contágio.

As aulas do ensino infantil e do primeiro e segundo ano do ensino fundamental estão autorizadas presencialmente a partir desta quarta.

Em Gravataí e Cachoeirinha, as escolas particulares já podem abrir amanhã. Nas públicas, Gravataí abre só na segunda que vem. Cachoeirinha, já nesta quinta.

– O preto já não era tão preto, o vermelho não foi tão vermelho. O modelo de bandeira acabou – resumiu o prefeito de Cachoeirinha Miki Breier (PSB), na reunião com o governador.

Ao Seguinte:, Luiz Zaffalon (MDB), de Gravataí, alertou para a insegurança jurídica.

– De repente algum juiz de plantão, outra liminar, nova batalha, sei lá.

Mas Zaffa pode ficar tranquilo, assim como todos que aceitam que por decreto preto vire vermelho.

O Distanciamento Controlado é uma política de estado. O Judiciário não vai interferir.

Fato é que o governador conseguiu desagradar a Bibos e Melchionas. Deu um jeitinho no Judiciário, como tratei em O jeitinho de Leite: Gravataí e Cachoeirinha vão para bandeira vermelha; O Ministério da Verdade decreta a Mentira, irrita prefeitos que souberam pela RBS que a cogestão não mais existia (o que é bom, ou voltaríamos à bandeira laranja da Eleição e do Carnaval, pré A virulência da COVID em Gravataí: O mês que teve mais mortes que nascimentos) e apavora aqueles que percebem a pandemia ainda letal.

Ao fim, Leite transformou um sistema científico, que foi exemplo até para São Paulo, em um meme de rede social, em que ele só faz é colorir mapinha.

 

Assista às justificativas do governador

 

LEIA TAMBÉM

Atualizada: TJ mantém aulas suspensas em Gravataí e Cachoeirinha

Gravataí e Cachoeirinha: depois da bagunça, a decisão sobre volta às aulas; Miki acertou, Zaffa errou

Gravataí e Cachoeirinha voltam às aulas? Zaffa e Miki divergem, juíza suspende e associação de escolas particulares convoca retorno nesta segunda; A bagunça que o governador criou

A novilíngua de Leite: Gravataí e Cachoeirinha já tem data para volta às aulas presenciais; ’Governador samba na cara da Justiça’

A polêmica da volta às aulas: Gravataí e Cachoeirinha odeiam professores?; Para alguns nas redes sociais parece

Onde foi o dinheiro do socorro federal para Gravataí; O que ’CPI do Bolsonaro’ encontraria se investigasse

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Emocore Rave

Expansionismo genético Votem no clichê sagrado Em edição americana Sempre haverá uma Salém Ossos no fundo do poço Carne new wave Emocore rave Para o mal Para o bem.

Leia mais »