moisés mendes

Sergio Moro parece ter medo da família Bolsonaro

Sérgio Moro

Pode ser tática de candidato frouxo, mas pode também ser medo. Por que Sergio Moro, que leva bordoadas todos os dias da família Bolsonaro e seus cúmplices, não ataca os Bolsonaros e prefere atacar Lula?

Moro tem medo dos Bolsonaros? Nesta terça-feira, na filiação de Bolsonaro ao PL, Flavio defendeu o pai atacando Moro, a quem se referiu meia dúzia de vezes como traidor.

Flavio Bolsonaro ataca Moro, e no mesmo dia Moro volta a falar mal de Lula. Porque Moro não respondeu aos ataques de Flavio, que o acusou de traição e de tentar manipular a Polícia Federal?

Por que Moro não dá detalhes do que sabe da tentativa de Bolsonaro de usar a PF para proteger os filhos?

Por que o ex-juiz não conta logo que foi incapaz (no sentido de incompetente mesmo) de levar adiante as ordens de Bolsonaro e controlar a PF, porque não tinha o controle da organização?

Moro sabe dos Bolsonaros o que poucas pessoas devem saber. E o que os Bolsonaros sabem do ex-juiz, para mantê-lo quieto em relação à família?

Hoje, amanhã, nos próximos dias, Moro vai continuar levando pancadas dos Bolsonaros. E, enquanto continuar com medo, continuará quieto.

Por ser um apêndice de Bolsonaro, Moro não pode criar antipatias e atritos com a base bolsonarista.

É com essa base que ele pretende dar a arrancada na campanha, explorando as dissidências da extrema direita. Muitos bolsonaristas são também moristas em crise por causa da briga entre os dois.

Mas Moro não precisa ser tão cuidadoso, deixando que os Bolsonaros o massacrem, sem oferecer reação. Moro ajudou a inventar Bolsonaro ao caçar e encarcerar Lula.

Depois de prestar tantos serviços a Bolsonaro, vai suportar ser chamado de traidor pelo chefe das rachadinhas?

Uma hora o justiceiro terá de reagir, sob pena de frustrar os ricos, a classe média e mais os fascistas em geral que o enxergam como o substituto natural de Bolsonaro.

Por que Moro é traidor, como disse Flavio? Só porque não quis insistir para que a PF fizesse mais investigações sobre a facada de Juiz de Fora?

Moro não consegue engrossar a voz para os Bolsonaros? O ex-juiz tem medo do quê?

O que Moro está fazendo é o contrário do que Catarina Rochamonte, colunista da Folha, escreveu sobre o novo livro lançado pelo lavajatista.

Catarina escreveu:

“Com as qualidades da clareza e da objetividade, o livro de Sergio Moro “Contra o Sistema da Corrupção” percorre corajosamente o campo minado da batalha travada enquanto ele era juiz da 13ª Vara de Curitiba, responsável pela Operação Lava Jato”.

É uma sequência de adjetivos bajulatórios que a editora do livro teria vergonha de publicar em release de divulgação da obra.

Por que essa coragem não aparece quando Moro precisa enfrentar os Bolsonaros?

O campo minado pelos Bolsonaros atemoriza o ex-empregado de Bolsonaro?

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade