a coluna do hélio

Nossa cidade é uma extensão do lar

Skate Park João Mask fica no bairro Bonsucesso, em Gravataí

Nossa cidade é uma extensão de nosso lar. É onde estudamos, trabalhamos e temos momentos de lazer. Salvo algumas exceções, a maioria das pessoas gosta de ter a casa arrumada para desfrutar momentos de descanso ou até para receber bem os amigos. A principal diferença entre nossa casa e nossa cidade é a maneira como fazemos as reformas para melhorá-las. Em casa reunimos a família e decidimos onde vamos gastar e em que, logo em seguida executamos. Numa cidade o processo é semelhante porém um pouco mais complicado, a comunidade deve se reunir com os vereadores que levam as necessidades à Câmara para votação e após muitas discussões aprovam ou não determinados projetos, se a cidade tiver dinheiro é claro.

Fiz essa comparação para tentar mostrar que devemos cobrar mais de nossos legisladores as melhorias de nossa cidade. Não adianta ficar só reclamando que as ruas têm muitos buracos para pedalar, que as praças têm quadras mal cuidadas, ou que não temos locais seguros para treinos se não levamos essas reclamações para frente, ou seja, para as pessoas que podem e tem a obrigação de tentar resolver esses problemas. Um dos exemplos mais claros que tive o prazer de acompanhar foi a construção do Skate Park João Mask, no bairro Bonsucesso.

Havia uma necessidade, a comunidade ligada ao esporte chamou vereadores que levaram à Prefeitura e após muitas discussões e parcerias foi possível construir uma pista de padrão profissional beneficiando centenas de esportistas.

Não foi fácil nem rápido, mas houve persistência e engajamento para atingir o resultado. Trago este exemplo para mostrar que é totalmente possível estendermos este tipo de atitude positivista para outros esportes. Sim! Podemos ter praças mais equipadas, um centro olímpico, mais ciclovias, mais quadras, enfim. Não existe limite quando a comunidade se une para atingir o mesmo objetivo. Se você já tentou fazer algo, tente de novo. Tente diferente. Não podemos cair no comodismo e ficarmos só nas reclamações ou desistir frente a primeira barreira. Chame esse humilde colunista para ajudar na sua causa. Visite o vereador do seu bairro. A união sempre foi e sempre será a principal força do esporte. Com certeza nossa casa ficará mais alegre e mais saudável com essas atitudes.

E aí gostou das dicas? Tem uma história legal para divulgar aqui? Entre em contato:

Meu email: hélio.martini@gmail.com

Twitter @heliomartini

Instagram/helio.martinii

 

Siga imagens das primeiras reuniões no local e na Câmara

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade