a poesia do cidade

Zenbaço

O embaço

O socorro

Gentil

Do abraço

Delírio

Contínuo

De grande amor

O mormaço

Me pedes um cigarro

Te dou um maço

Nossa junção

Carnal num carro

Nossa junção espiritual

Quando te beijei a mão

Poetas que escrevem sobre como recebem a poesia

Se justificam sem precisar se justificar

Em mim a poesia não chega

Eu procuro a poesia

Linguagem leiga

Sem manual

Além do comum

E do usual

Te amo forte

Te amo meiga

Te amo corte

Te amo igual.

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade