47 anos

Ulbra anuncia 15 novos cursos para o campus de Gravataí

O professor e diretor da Ulbra de Gravataí, mestre Augusto Kirchhein, confirmou que ainda neste ano deverá ser dada a larga para que comecem a funcionar novos cursos nos formatos à distância e semi-presencial.

Uma solenidade para autoridades, convidados especiais e com ênfase para funcionários, professores, acadêmicos e ex-acadêmicos, marcou no começo da noite de ontem (22/8) a celebração dos 47 anos de fundação da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra). As velinhas foram apagadas em eventos simulares em quase todas as unidades de Ensino Superior e Educação Básica da Ulbra no Rio Grande do Sul e fora do estado.

Paralelamente, foi assinalada a fundação do campus de Gravataí, há 26 anos e transcorrida em março do ano passado. O professor e mestre Augusto Kirchhein, diretor da Ulbra-Gravataí, confidenciou ao Seguinte: que ainda neste ano deverá ser dada a larga para que comecem a funcionar novos cursos nos formatos à distância e semi-presencial.

De acordo com o diretor, a ideia é que a partir de outubro sejam anunciados novos cursos, o que ainda depende de um cronograma a ser cumprido para superar questões legais. Os cursos são nas áreas de Engenharia Mecânica, Arquitetura, Estética e Cosmética, entre outros, já que de acordo com o diretor serão 15 novos cursos que devem ser implantados em Gravataí a curto e médio prazos.

— Neste sistema o aluno realiza suas atividades na nossa plataforma virtual mas também terá atividades em laboratórios, por exemplo, para que a sua formação seja realmente de qualidade — disse Kirchhein.

 

20 anos

 

Entre as homenagens prestadas na noite de ontem a funcionários, professores, parceiros na prestação de serviços à comunidade, estava a primeira-dama do município, advogada Patrícia Bazotti Alba, que representou os acadêmicos que já passaram ou que estão frequentando os cursos da universidade no campus de Gravataí.

Patrícia já tem 20 anos de formatura no curso de Direito e diz que tudo que aprendeu em termos de conhecimento para o exercício da profissão se deve à Ulbra.

— É um orgulho muito grande ter me formado aqui e saber que a Ulbra participa, muito além da minha história pessoal, da história do nosso município. Ela (universidade) desenvolve a nossa cidade na medida em que capacita pessoas para o mercado de trabalho — afirmou a advogada.

Como primeira-dama, Patrícia lembrou que quando se deu a discussão sobre a cedência de espaço, terreno, entre outras medidas, para que a Universidade Luterana do Brasil implantasse em Gravataí uma de suas unidades, o prefeito e seu marido, Marco Alba (MDB), era membro do Legislativo municipal e estava na presidência da Câmara de Vereadores.

— Quando teve início o processo e a discussão se a Ulbra viria para Gravataí ou não, nem todos os vereadores estavam de acordo e, por isso, não apoiaram as providências para que o governo da época firmasse as parcerias necessárias — contou.

E acrescentou que o atual prefeito Alba foi bastante decisivo – e combativo! – já que tratou de mostrar e esclarecer quem era contrário sobre a importância de a cidade ter a sua universidade.

 

Ulbra na história

 

Há mais de quatro décadas, mais precisamente há 47 anos, a Universidade Luterana do Brasil promove o ensino nos níveis Fundamental, Médio, Profissionalizante e Superior, no país, nas modalidades presencial, semi-presencial e à distância. O início de tudo foi na educação de base quando a primeira escola foi fundada, em Canoas, no ano de 1911.

Já com o ensino superior, a instituição iniciou suas atividades com as Faculdades Canoenses, criadas oficialmente em 1972. Depois disso e como universidade está em atividades desde 1988, quando foi homologada sua criação e tendo seu reconhecimento pelo Conselho Federal de Educação (CFE), do Ministério da Educação, ocorrido um ano depois, em 1989. 

A partir dos anos 80, a Ulbra expandiu sua ação educacional para fora dos limites do Rio Grande do Sul, instalando desde então unidades em seis municípios do Norte e Centro-oeste do Brasil, o que a caracterizou como multicampi.  E em 2003 inovou no Ensino Superior, sendo uma das pioneiras na educação a distância, ofertando cursos de graduação em ambiente virtual de aprendizagem próprio.

Esse processo surge como uma consequência de seu movimento pela educação de qualidade e formação de um profissional empreendedor. Atualmente, a Ulbra atua com a estrutura de educação superior presencial e a distância, com a rede de escolas de educação básica. Em 2014, a mantenedora passou a ser a Aelbra, com a missão de desenvolver, difundir e preservar o conhecimento e a cultura pelo ensino, pesquisa e a extensão. 

 

EM GRAVATAÍ

 

1

A presença da Ulbra em Gravataí teve seu início da década de 80 quando a comunidade se mobilizou para trazer ao município uma instituição de ensino superior. A Universidade instalou-se, de fato, no município, em março de 1991, atendendo a 60 alunos do curso de Administração, seis professores e dois funcionários.

 

2

Desde então já foram mais de 4.500 profissionais formados e que passaram pelo campus da Ulbra-Gravataí, dentre eles advogados, administradores, enfermeiros, professores, psicólogos e profissionais em informática.

 

3

A meta da Ulbra Gravataí é se tornar referência estadual e nacional na obtenção de resultados através da informação, pesquisa e tecnologia. Com isso, a missão é ajudar no desenvolvimento do Vale do Gravataí, voltada para o crescimento da cidadania, solidariedade cristã e bem-estar.

 

4

Na busca desse objetivo a Ulbra conquistou diversos prêmios ao longo dos anos, dentre os quais se destacam o Top Cidadania, Top Ser Humano e Certificação da Responsabilidade Social da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul.

 

O número

 

Hoje atuam em diversas carreiras profissionais com formação superior, graduação e pós-graduação obtida no campus da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) em Gravataí, cerca de 210 mil pessoas, segundo o professor e diretor da instituição Augusto Kirchhein.

 

 

 

 

 

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade