a poesia do cidade

Seu Domingos Dom Quixote

Seu DOM (ingos) Dom Quixote almoça com Pedro Pedreiro

No Bar dos Tristes Aposentados

Após o almoço volta para casa

Com a memória chamando por algo

Que ele nunca teve

Beija a esposa – deve fazer outra coisa?

Enquanto assiste T.V. LEMBRA

Lembra de um amigo um colega de trabalho

Não lembra do trabalho – se foi nele atencioso ou falho

Olha para esposa – que ama com vigor e drama – deve fazer outra coisa?

Lembra de outra esposa que não essa – tão inalcançável quanto o descanso

Ele se se sente despojo – acha a palavra nojo ridícula em bocas moças

Um cavalo dispara contra gigantes em sua memória – um discurso de bela oratória

Não lembra se alguma vez em sua vida houve vitória – junto com seu orgulho esconde de si o que pode

Seu Dom (ingos) Dom Quixote sabe que ele também foi domesticado.

 

Assista ao vídeo-poema Balinhas

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade