mobilidade

Rua da imprudência: Teotônio Vilela receberá redutores de velocidade em Gravataí

Prefeitura promove Parada Educativa na Rua Teotônio Vilela

O prefeito em exercício Dr. Levi Melo, o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Guilherme Ósio, e agentes de trânsito estiveram na Rua Teotônio Vilella, no bairro Parque Florido, para discutir a ampliação de medidas preventivas de segurança no trânsito da via. 

– A educação no trânsito é fator primordial para a preservação de vidas e a redução de lesões resultante de acidentes, pois, com a velocidade reduzida ou sem excesso, o condutor tem maior controle do seu veículo e visibilidade a sua volta, o que torna o trânsito, em todos os aspectos, mais seguro – explicou Dr. Levi, acrescentando: 

– É preciso refletir sobre o que podemos contribuir individual e coletivamente.

Foi realizada uma ação de contagem volumétrica e de velocidade.

– Registramos uma série de veículos acima da velocidade, chegando a registrar 108 km/h. Entre as ações que executaremos, estão a revitalização da sinalização de toda a avenida, implantação de redutores de velocidade e fiscalização ostensiva – disse Guilherme Ósio. 

A Prefeitura de Gravataí realizou, no local, duas edições de parada educativa e três blitz ostensivas em 2021. Nesta terça, foi realizada a primeira de 2022. Em três horas de atividades, mais de 120 condutores foram abordados.

Para Bruno Marcos, morador do bairro, a iniciativa é importante, uma vez que os motoristas ignoram o limite de velocidade.

– Ultrapassagens perigosas são frequentes e as pessoas não respeitam – disse.

Sentimento partilhado também pelo morador da região Osmar de Souza:

– Precisamos de atividades como esta, para que as pessoas se conscientizem, pois temos presenciado muitas imprudências.

– Estamos revitalizando a sinalização de toda a rua e logo iremos implantar redutores de velocidade. Também estão sendo planejadas ações de fiscalização ostensiva – reforço ou secretário de Mobilidade, que lembrou que a redução dos acidentes passa, diretamente, pelo comportamento dos condutores, haja vista que 90% são causados por este motivo.

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade