bem-estar animal

Prefeitura de Gravataí resgata cavalo vítima de maus-tratos

O animal foi encontrado desnutrido e com diversas escoriações

A Prefeitura de Gravataí, por meio de membros do setor de Bem-Estar Animal da Fundação Municipal do Meio Ambiente (FMMA), acompanhados pela vereadora e ativista da causa animal, Márcia Becker, resgataram o cavalo Tiano. O animal, que era vítima de maus-tratos, foi encontrado às margens da ERS-118, desnutrido e com diversas escoriações em seu corpo.

Após ser resgatado, o cavalo foi encaminhado para a Unidade de Saúde Animal de Gravataí (USAG) Priscilla Bittencourt, onde está se recuperando das lesões e sendo tratado pela equipe veterinária do local.

De acordo com o prefeito Luiz Zaffalon, a execução da Lei Tubiana, que prevê o fim gradual das carroças em Gravataí, é importante para sanar o sofrimento de cavalos como o Tiano. Zaffa também lembrou que o município é referência no estado, tanto pela qualidade de vida oferecida aos animais quanto pela quantidade de atendimentos que realiza.

– Transformamos Gravataí em um lugar onde os animais são tratados de forma digna, com amor e muito respeito – ressaltou o prefeito.

Sancionada no dia 26 de novembro, a Lei Tubiana (Lei Municipal 4391/2021) busca reduzir gradativamente os veículos de tração animal (VTAs) nas zonas urbanas, além de propor alternativas de sustento e capacitação para as famílias que dependem desta forma de serviço. Para executar a lei, na última quarta-feira foi instituído o grupo de trabalho composto por representantes de diversas secretarias municipais que irão traçar as estratégias para o cumprimento da medida. 

Entre as próximas ações previstas, além do cadastramento dos condutores e o seu direcionamento para projetos que buscam oferecer alternativas de sustento para as famílias, secretarias como a de Mobilidade Urbana e para Assuntos de Segurança Pública já começam a tomar medidas para a fiscalização da lei.

De acordo com a vereadora Márcia Becker, desde a sanção da Lei Tubiana, o resgate do cavalo Tiano não é o único. Apenas quatro dias após a assinatura, a Égua Dione foi encontrada abandonada em uma estrada na Costa do Ipiranga. Encaminhada à USAG, o animal não respondeu a nenhum tratamento e veio a óbito durante a noite.

Por meio do setor de Bem-Estar Animal da FMMA, a Prefeitura de Gravataí executa as políticas públicas de proteção aos animais no município. Na Unidade de Saúde Animal de Gravataí (USAG) Priscilla Bittencourt, são realizadas, todos os dias, diversas consultas veterinárias, cirurgias e castração, de forma totalmente gratuita.

No local, também há uma gama de animais que são tratados pela equipe, além de centenas que aguardam por uma família e estão disponíveis para a adoção. Para demandas relacionadas aos serviços da USAG, o contato pode ser feito pelo WhatsApp (51) 99226-5955 ou pelo telefone (51) 3191-4947.

 

LEIA TAMBÉM

Zaffa torna lei o fim gradual das carroças em Gravataí; O resgate da égua Tubiana

Vereadores aprovam fim das carroças em Gravataí: ’Não deixarei carroceiros desassistidos’, garante prefeito Zaffa; Assista e siga os votos

O fim das carroças em Gravataí e o açoite da verdade

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade