educação

Prefeitura de Gravataí entrega equipamentos de robótica, tecnologia e computação para escolas municipais

Alunos irão utilizar os materiais durante a participação no torneio estudantil de robótica First Lego League

A Prefeitura de Gravataí entregou, para as Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEF) Vinicius de Moraes e Humberto de Campos, os materiais necessários para a participação da First Lego League (FLL), um torneio estudantil de robótica. Entre os equipamentos cedidos, estão quatro computadores, dois tapetes de competição da FLL e uma impressora 3D doada pelo Ministério da Educação (MEC). 

Em parceria com o Serviço Social da Indústria (Sesi), as instituições de ensino irão participar dos projetos prévios que visam à competição regional da First Lego League. Entre elas, estão quatro atividades que necessitam da utilização dos tapetes de competição da FLL.

Os alunos da EMEF Vinicius de Moraes também receberam alguns equipamentos extra que irão auxiliar os alunos tanto na execução das atividades da FLL quanto em dois projetos tecnológicos que a escola realiza, como o de Robótica Espacial, que abrange estudantes das séries iniciais. 

Para a responsável técnica do Núcleo de Tecnologias Educacionais (NTE) da Secretaria Municipal da Educação (Smed), Nayala Ramos, esses recursos representam uma possibilidade inovadora, pois, além de beneficiar o conhecimento tecnológico, também auxiliam nos conhecimentos interdisciplinares.

– Sou uma entusiasta destes projetos que envolvem robótica, pois incentivam o aprendizado social entre as crianças, que, ao perceber estas problemáticas sociais, são estimuladas a desenvolverem soluções tecnológicas, o que é muito importante para as escolas municipais – disse Nayala. 

Ao receberem os materiais e os tapetes da competição, em tempo hábil, os alunos foram tomados de surpresa e euforia. De acordo com a professora e responsável pelos projetos de robótica da EMEF Vinicius de Moraes, Camila Scussel, o fato de os alunos receberem estes equipamentos é um sonho realizado:

– Agora, a tecnologia está dentro da escola e o futuro deles está presente desde as séries iniciais. 

Já para a aluna da EMEF Vinicius de Moraes Julia Ristow, do 9° ano, o recebimento dos materiais trouxe esperança, pois, agora, os equipamentos vão ajudar no preparo para a competição regional da FLL, organizada pelo Sesi.

– Podemos até ganhar o torneio – disse a adolescente com entusiasmo. 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade