educação

Prefeitura de Gravataí assina convênio de estimulação precoce com a Apae

Prefeito Luiz Zaffalon e secretário da Saúde Régis Fonseca visitaram a Apae da diretora Simone Bitello

O prefeito Luiz Zaffalon e a presidente da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Gravataí (Apae/Gravataí), Márcia Regina da Silva Nunes, assinaram um convênio que proporcionará até 600 atendimentos mensais para crianças entre zero e quatro anos incompletos. No documento, está estipulado que a Apae cederá a estrutura física e a Prefeitura quatro servidores que realizarão procedimentos de estimulação precoce e reabilitação intelectual para as crianças.

O convênio entre a entidade e a prefeitura, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), tem prazo inicial de um ano, podendo ser renovado. As categorias de profissionais selecionados serão as de fonoaudiólogo, terapeuta ocupacional, fisioterapeuta e psicólogo. Todos cumprirão 30 horas semanais no local, podendo chegar a realizar 600 atendimentos mensais.

O prefeito Zaffa, no ato da assinatura, lembrou que o poder público não tem capacidade para resolver todas as demandas da sociedade, mas que algumas precisam ser priorizadas, como a oferta de um bom atendimento para as crianças e famílias que possuem alguma necessidade específica.

– Sabemos que há um grande déficit do poder público com esta parcela da nossa comunidade e queremos, pouco a pouco, e, dentro das nossas possibilidades, minimizar essa falta – comentou o prefeito, lembrando que esta é uma das bandeiras do seu governo “auxiliar as famílias com atendimentos qualificados”.

Segundo o secretário da Saúde, Régis Fonseca, o município sabe da importância que tem este trabalho na vida das famílias e, principalmente, das crianças para o desenvolvimento como um todo.

– Estou muito satisfeito de retomar este convênio, podendo, assim, prestar um serviço de qualidade – disse.

Márcia Nunes, presidente da Apae, agradeceu a parceria da prefeitura com a entidade e lembrou da importância que tem no desenvolvimento dos pequenos.

– A estimulação pode ser determinante na vida de uma criança que possui algum tipo de deficiência, por isso, estamos comemorando este ato – afirmou.

A diretora da Escola Municipal de Educação Especial Cebolinha, Simone Bitello, presente no ato, comentou que este trabalho é fundamental para que a criança seja melhor preparada para a escola e o ensino.

– Estou muito feliz com o retorno do convênio pela evolução visível de nossas crianças ao terem acesso à estimulação precoce. Aqui, temos uma rede que visa ao bem-estar global deste público – finalizou.

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade