a poesia do cidade

O Passado Voltou a Beber Comigo

Desde que

De boa e

Filme e sono.

 

Sendo que

Aos poucos

Firme o casco

Do barco.

 

Para que

Seja imortal

E real o poço

Subindo canal

 

Sendo que

Toda realidade

Do que somos

Aqui onde a luz

Néon do hotel

 

Onde estamos.

 

Assista ao vídeo-poesia Países

 

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade