a poesia do Cidade

Eczemas

Descaridosos

Rezando

Qual perfume

Não é flor

 

Magnetizados

No comércio facultativo

Cozinhando o silêncio

 

Vespertino

Doador

De corpo e alma

 

Animal

Segregado

De seu grupo

 

Nutrindo seu espírito

De vaidade

Curativa.

 

Assista ao vídeo-poema Prosperidade

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade