momento reflexão

Os dias seriam assim…

Vi alguns episódios do seriado da Rede Globo “Os dias eram assim”. A pergunta que me faço é: como seriam os dias se não tivessem sido “assim”? Não defendo nem faço qualquer apologia sobre regimes totalitários, mas só quem viveu os acontecimentos da época pode entender porque os dias “eram assim”.
No entanto, às gerações posteriores foi passada e repassada a informação explorada, hoje, na visão parcial e tendenciosa do referido seriado. Se hoje vivemos incertezas, desesperanças e todo tipo de abusos, não tendo a quem recorrer, naquela época os dias eram ainda mais caóticos…

Se a história (e não estórias) for bem contada, do contexto político e social da época, hoje o nosso regime dito “democrático e de direito” poderia se assemelhar a Cuba, Venezuela e Coréia do Norte, entre outros regimes comunistas. Se bem lembrarmos, o então vice-presidente, que assumiria a presidência, estava retornando de uma visita à China comunista.

Por quê? Para que?

E os movimentos (ditos populares) da época defendiam que tipo de democracia?

Que tipo de democracia praticam os países comunistas?

Como vivem os cidadãos sob o jugo comunista?

E que democracia é essa que vivemos hoje?

Por isso, entre tantas outras considerações, fica a instigante pergunta:

E se os dias não tivessem sido assim?

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade