Crise do coronavírus

CANOAS | Primeira canoense a receber a vacina é técnica no HU; o dia ’1’ para o fim da pandemia

Vacinação começa nesta terça em Canoas com técnica que trabalha na UTI do HU. Foto: Piratini

Região sanitária de Canoas recebe 26 mil doses da CoronaVac para iniciar vacinação nesta terça-feira

É oficial: nesta terça-feira, 19, Canoas dá o primeiro passo para pôr a pandemia do novo coronavírus em um definitivo brete. Com a chegada da vacina por volta das 23h desta segunda-feira, o Estado do Rio Grande do Sul no geral e Canoas em particular poderão dar início à primeira fase de imunizações, trazendo alento de que, mais dia menos dia, a Covid-19 vai acabar.

 

LEIA TAMBÉM

CANOAS | Prepare o bolso: gasolina pode passar de R$ 5 em Canoas esta semana

CANOAS | A interminável crise da Sogal: agora, demitidos vão para frente da Prefeitura

 

A primeira canoense a ser imunizada será uma técnica de enfermagem que atua na UTI do Hospital Universitário, o HU. Não foram divulgadas muitas informações sobre a trabalhadora que se tornará símbolo do início da campanha de vacinação. Assim como ela, serão vacinados a partir desta terça na primeira fase da ação todos os profissionais de saúde ligados ao município, os idosos asilados ou em residências de longa permanência e a população indígena.

A vacina que Canoas receberá é a CoronaVac, feita na China pelo laboratório SinoVac em parceria com o Instituto Butantan. O imunizante foi aprovado para uso emergencial em reunião extraordinária da Anvisa, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, no domingo. O evento foi transmitido pela internet para todo o país, assitido por mais 3 milhões de pessoas simultaneamente.

: Eloína Born foi a primeira gaúcha a ser vacina contra a Covid-19 em evento no Hospital de Clínicas

 

Exatamente às 23h45, Eloína Born, de 99 anos, foi a primeira gaúcha a receber a vacina contra a Covid-19 em um evento montado no Hospital das Clínicas, em Porto Alegre, para marcar o início da vacinação em solo gaúcho.

Até o final da noite desta segunda-feira, não havia informação sobre a quantidade de doses que Canoas vai receber. A 1º Coordenadoria de Saúde, que engloba 65 município na região metropolitana, tem reservados 26 mil doses para esta primeira fase – quantidade suficiente para imunizar 13 mil pessoas, uma vez que a vacina só tem eficácia com a aplicação de duas doses. Porto Alegre terá uma cota separada.

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade