Partidos

CANOAS | O Solidariedade quer renascer – e está de olho em você, liderança

Mario Cardoso e Abmael Oliveira garante que, mesmo com saída de Nedy, Solidariedade segue - e sem racha. Foto: Rodrigo Becker/Seguinte

Com a saída do vice-prefeito, que até já assinou ficha no Avante, partido que elegeu bancada em 2020 vai à vitrine em 2022 querendo ser atrativo para 2024

Mario Cardoso e o vereador Abmael Oliveira estão dispostos a mostrar que o Solidariedade não se encerra com a saída de Nedy de Vargas Marques. O vice-prefeito, que já foi recebido na casa nova, o Avante, pelo presidente nacional do partido, Luis Tibé, segue seu caminho; para quem fica, é hora de fazer o partido renascer.

Os planos incluem uma possível candidatura de Abmael a deputado estadual no que vem, revelada com exclusividade ao blog. Disposto ele está, desde antes da saída de Nedy, diz. "Depende do partido, mas quero colocar meu nome à disposição", conta. "Em política, a gente tem que ter ousadia".

 

LEIA TAMBÉM

CANOAS | Tibé recebe Nedy no Avante: o que antecipa o deputado que faz a linha de frente da Reforma Eleitoral

CANOAS | A lição de Lagranha, o aeromóvel e o projeto possível

 

O esfoço de Mario e Abmael daqui para frente será o de manter o Solidariedade vivo – o que inclui a busca pelo protagonismo já em 2022. Eles tem a garantia do prefeito Jairo Jorge de que não serão afastados do governo, uma vez que estiveram juntos desde as primeiras conversas sobre a aliança que venceu as eleições em 2020. Mesmo que parte do partido siga os passos de Nedy, nem todos sairão. Naligia Alves, por exemplo, é figura histórica do partido em Canoas – e fica.

Mario e Abmael pretendem conversar com todos os integrante do partido, os que foram candidatos em 2020 e lidernças sociais que orbitam no entorno deles. A ideia é recompor a executiva e escolher um novo presidente – por enquanto, a função está com Mario, por força do Estatudo. "Pode ser o Mario, pode ser eu ou até um outro companheiro a ocupar a presidência. O importante é que não há racha", garante Abmael.

"É um período de reorganização. Não vamos parar. Vamos começar uma campanha de filiações, procurar lideranças. Não nos interessa inchar, mas crescer com qualidade, pensando já em 2022 e 2024", revela Mario. "Elegemos bancada em 2020 com o vereador Abmael. Para 2024, queremos dobrar nossa presença na Câmara".

 

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade