Saúde

CANOAS | A sacada do ’Ambulatório Pós-Covid’ que JJ lançou: a doença e as sequelas

Prefeito anunciou ambulatório depois da inauguração das UTIs no HU, quinta, dia 11. Foto: Guilherme Klamt

Prefeito disse que em 30 dias pode abrir dentro do Graças um ambulatório para recuperados do novo coronavírus

Números do Ministério da Saúde apontam que oito em cada dez brasileiros recuperados da Covid-19 apresentam algum tipo de sequela – algumas mais brandas, outras exigindo tratamentos médicos mais específicos. Redução da capacidade pulmonar, por exemplo. Cansaço diante de qualquer atividade física, mesmo nas mais singelas. Dores pelo corpo, nas articulações, nos dedos. Enfim, sequelas.

A sacada do governo foi antecipar-se e buscar a habilitação do município junto ao Ministério da Saúde para os recém cridos Ambulatórios Pós-Covid – medida anunciada pelo prefeito Jairo Jorge (PSD) após a visita do governador Eduardo Leite (PSDB) ao HU nesta quinta-feira, 11. Entendendo que a vacina avança, é preciso cuidar de quem ainda sobre com as conseqüências dela mesmo depois de dar um 'tchau, querida' para o vírus.

Funciona assim: o Ambulatório Pós-Covid de Canoas vai se instalar em uma das alas do Hospital Nossa Senhora das Graças. Tipo um 'postão', mas só para quem já teve o novo coronavírus e passa por algum tipo de problema relacionado à doença – por vezes, em decorrência de longos períodos de internação. Após a acolhida, o paciente pode ser encaminhado para exames laboratoriais, de imagem e até eletrocardiogramas – tudo já funcionando dentro do próprio hospital.

Com os resultados em mãos e a avaliação médica, o paciente segue às consultas com especialistas para início do tratamento. O acompanhamento do paciente é de até seis meses após a alta hospitalar – e pode se estender por período maior, em caso de necessidade

Ideia de quem?

O primeiro ambulatório deste tipo no Estado foi criado em… Rio Grande, onde o secretário municipal de Saúde, Maicon Lemos, trabalhou até dezembro do ano passado. Por lá, 14 profissionais do Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr., da Universidade Federal do Rio Grande (HU-FURG), atendem aos pacientes que enfrentaram e venceram a Covid-19. São médicos, enfermeiros e técnico formados com ênfase na Atenção à Saúde Cardiometabólica do Adulto e incluiu fisioterapeutas, profissionais de Educação Física, nutricionistas, psicólogos, infectologista, cardiologista, neurologista, pediatra e pneumologista. 
 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade