Saúde

CANOAS | 10 Novas UTIs, mais leitos e Emergência recuperada no Graças: Canoas se prepara para o ’Covidão’ de março e abril

Instalações passam a receber pacientes a partir das 17h desta sexta-feira, 5. Foto: Rodrigo Becker

Prefeito inaugurou nesta sexta 10 novos leitos de UTI no Graças, a nova Emergência SUS e anunciou reforma em ala para Covid; pior da pandemia dever vir em março e abril

Recém passado os primeiros minutos das 8h desta sexta-feira, 5, e o staff da Saúde no município já estava de prontidão em frente ao Hospital Nossa Senhora das Graças, em Canoas. Ali, o prefeito Jairo Jorge (PSD) inaugurou na seqüência da manhã as novas instalações da Sala de Medicação, a nova entrada da Emergência do SUS e os 10 novos leitos de UTI exclusivos para Covid-19. Com isso, Canoas tem, agora, 59 unidades de tratamento intesivo para pacientes com a doença.

 

LEIA TAMBÉM

CANOAS | Governo prepara PPPs: a primeira, para iluminação; hospitais e aeromóvel vem na seqüência

CANOAS | Bem-vinda, bandeira laranja: flexibilização pode aumentar despois de quase três meses

 

"Vamos chegar a 74 até a semana que vem", conta o prefeito, antecipando que entre terça e quarta-feira o Hospital Universitário abre 15 novas UTIs/Covid – 31 desde o início de janeiro contando com as 6 do Pronto Socorro, quase uma nova UTI por dia útil de governo. "Isso representa um esforço importante. Não adianta os 100 leitos que tínhamos se só 43 eram Covid. Essa é a emergência do momento. Estamos atacando esse problema", diz Jairo.

Além das novas UTIs, o Nossa Senhora das Graças – que desde outubro é administrado por um interventor nomeado pelo Município – deve ter uma ala inicia reforma nas próximas semanas. O espaço, que fica atrás do prédio principal da Emergência do SUS, ficará pronto para receber 45 novos leitos clínicos para Covid-19, ampliando para 129 as unidades em enfermaria dedicadas a pacientes com a doença. "Estimamos essa reforma em R$ 150 mil", revela Luiz Possebon, presidente da Associação Beneficente Canoas, a ABC, e interventor noemado pela atual gestão. "Essa nova ala fica atrás da UTI Covid, facilitando as transferências de pacientes em caso de necessidade".

O pior ainda por vir

Necessidades, aliás, que podem aumentar nos próximos 60 dias. O Secretário de Saúde, Maicon Lemos, concorda com as expectativas do Governo do Estado indicando que o pior da pandemia ainda está por vir. "Como a vacinação ainda não terá chegado a todos, devemos ter os piores meses em março e abril", conta. "Nosso reforço na Saúde Pública tem sido pensado e planejado. Cada crescimento é sustentável. Não adianta apenas criar os leitos, é preciso garantir que haja equipamentos e profissionais para a linha de frente", comenta o secretário.

Canoas chega à primeira semana de fevereiro com 21.469 casos confirmados de Covid-19. 571 canoenses perderam a vida em razão da doença até a terça-feira, dia 3. 

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade