coluna do silvestre

Expoagas ignora crise e chega a R$ 539 milhões em negócios

Presidente da Agas, Antônio Cesa Longo, comemorou agora à tardinha expectativa de fechamento de negócios na ordem de quase R$ 540 milhões, um recorde histórico alcançado pela Expoagas 2019

Movimentação recorde superou expectativas da Agas, com crescimento de 6% nos negócios. Mais de 50 mil pessoas circularam pelo evento nos três dias de feira que se encerra nesta quinta-feira

 

Realizada desde a última terça-feira (20/8) no Centro de Eventos da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs), em Porto Alegre, a Expoagas 2019 – 38ª Convenção Gaúcha de Supermercados, se encerra nesta quinta-feira estabelecendo um recorde histórico de negócios firmados ao longo dos três dias de atividades e evidenciando mudanças de mercado que serão sentidas a partir do início de setembro por consumidores de todo o estado.

O volume de negociações transacionadas entre os visitantes e os 372 expositores do evento chega à casa dos R$ 539 milhões, crescimento de 6% em relação à edição passada do encontro.  A feira promovida há mais de três décadas pela Associação Gaúcha de Supermercados (Agas) mais uma vez refletiu, em seus corredores, as tendências de futuro para o varejo, mudanças no comportamento dos consumidores e as inovações que a indústria está preparando para último quadrimestre do ano e que em breve chegarão às gôndolas.

— Hoje um supermercado médio cadastra 80 novos produtos por semana em sua operação, mostrando a capacidade de inovação da indústria. A Expoagas 2019 refletiu isso, já que os expositores apresentaram mais de 800 lançamentos de equipamentos, produtos, embalagens, versões e sabores aos nossos visitantes — anunciou Antônio Cesa Longo, presidente da Agas.

As expectativas iniciais da Agas apontavam para um incremento de 3% nos negócios, volume superado pelo alto número de visitantes do segundo dia do evento, quarta-feira – quando mais de 20 mil players da cadeia do abastecimento acessaram os pavilhões da Fiergs. No total, mais de 50 mil pessoas circularam pela feira durante os três dias, oriundos de 275 municípios gaúchos e 420 cidades brasileiras.

— Dentro do contexto macroeconômico este é um resultado a ser comemorado. A feira nos traduz exatamente aquilo que sempre acreditamos: Quem trabalha e busca oportunidades pode almejar um crescimento acima da média, e a Expoagas oportuniza justamente isso — explica Longo, destacando que 19% dos expositores participaram do evento pela primeira vez.

Durante os dois primeiros dias da feira o Instituto Segmento Pesquisas entrevistou 100 dos expositores para saber o grau de satisfação e a percepção geral sobre o evento. O estudo mostra que 81% dos participantes ouvidos ampliaram sua carta de clientes; e 64% dos expositores informaram ter realizado negócios com compradores de outros segmentos.

— A Expoagas é uma feira plurissetorial, por isso mais uma vez convidamos representantes de bares, farmácias, hotéis, restaurantes e lojas, dentre outros setores, a prestigiarem o evento. Os supermercados defendem a liberdade econômica e querem disponibilizar as mesmas oportunidades e os mesmos fornecedores de que dispõe para toda a cadeia — sublinha Longo.

— Neste sentido, mais uma vez alertamos que não solicitaremos que as farmácias parem de comercializar alimentos, produtos de bazar e de higiene. Acreditamos que o consumidor precisa ser o único beneficiado, e quanto mais opções ele tiver, melhor será seu abastecimento. E neste caminho também pleiteamos a comercialização de medicamentos que não necessitam de receita nos supermercados, já que estes produtos já estão ao alcance dos consumidores no autosserviço das farmácias, sem necessidade da chancela do farmacêutico — lembra o presidente da Agas.

 

Hábitos de consumo

 

Tradicional termômetro de vendas e de hábitos de consumo para o varejo, a Expoagas 2019 evidenciou categorias que deverão se destacar nas gôndolas dos supermercados neste segundo semestre. Além de expositores de alimentos funcionais e que denotam preocupação com a saúde e o bem-estar dos consumidores, outras categorias puxaram o resultado positivo da feira de negócios: equipamentos, produtos de limpeza e bebidas mereceram especial destaque pelo desempenho nas vendas.

— O consumidor quer agregar maior valor às suas compras e se alimentar melhor, mas ainda falta renda. Estamos otimistas que este cenário evolua nos próximos meses —projeta Longo.

 

Os visitantes

 

82% foram oriundos do varejo – supermercados representam 63,4% do total, seguidos

de a

Açougues (11%),

Farmácias (5,4%),

Lojas de conveniência (5,1%)

Padarias (3,1%)

Atacados, bares, bazares, lojas de R$ 1,99, hospitais, petshops e agropecuárias, entre outros setores do varejo, da indústria e do setor primário também passaram pela Expoagas 2019.

— Neste ano, pela primeira vez, franqueamos a participação também aos produtores rurais, buscando oferecer este grande palco de aprendizado e de negócios para os homens e mulheres do campo — lembrou o presidente.

Outro número comemorado pela Agas é o de empresas participantes: 6,9 mil companhias estiveram representadas na Convenção, representando 27 estados brasileiros e outros 12 países – incluindo uma comitiva da Tunísia, estreante entre os visitantes. Cada empresa teve em média sete participantes na Expoagas, dividindo as equipes entre as programações e a feira de negócios para aproveitar todas as oportunidades.

O perfil dos visitantes mostra ainda que 71,3% dos participantes estavam voltando à Expoagas em 2019, e 28,7% são estreantes.

— Comemoramos esta oxigenação, trazendo cada vez mais profissionais para este grande centro de aprendizado, troca de conhecimentos e bons negócios — afirma o presidente da Agas.

           

Em 2020

 

O estudo desenvolvido pelo Instituto Segmento mostra que 91% dos expositores afirmaram que pretendem retornar à feira em 2020. Entre os entrevistados, 86% disseram que irão superar ou atingir as expectativas de negócios durante a feira que acaba hoje à noite, e 92% consideram a Expoagas melhor ou igual aos demais eventos de que participam.

Com relação ao cenário macroeconômico, 84% dos entrevistados percebem mudanças nos hábitos de consumo dos consumidores em função da crise econômica; 68% pretendem investir ou contratar novos funcionários neste ano; e 77% acreditam na retomada da economia em 2019.

A Expoagas 2020 já tem até data marcada: no próximo ano, e evento ocorrerá de 18 a 20 de agosto, novamente no Centro de Eventos Fiergs, em Porto Alegre, com o tema “Amplie os bons negócios”.

 

 

 

 

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade