opinião

Segunda é ’Dia L’, de Dr. Levi candidato de Marco Alba; depois o ’Dia A’

Dr. Levi recebendo título de cidadão de Gravataí do vereador Fábio Ávila

Segunda, 20, não é o ‘Dia D’, é o ‘Dia L’, de Levi Melo, para vazar se Dr. Levi deixa o Republicanos, partido do qual é presidente em Gravataí, para se filiar ao MDB e ser apresentado como o candidato preferencial do prefeito Marco Alba à Prefeitura de Gravataí nas eleições deste ano.

Às 20h, na Clínica Millenarium, o médico alcança a bandeja do cafezinho para o presidente estadual e deputado federal Carlos Gomes, pastor que é o ‘bispo’ do partido, cujo sobrenome é ‘Igreja Universal do Reino de Deus’. Arrisco – não por achômetro, porém sem poder dar a certeza, por não ter nenhuma fonte em 'on' – que Dr. Levi vai dizer que aceitou o convite de Marco Alba para ser o candidato do governo, mas precisa se filiar ao MDB, já que seria difícil para o prefeito explicar aos correligionários que a candidatura para a maior prefeitura do partido no Rio Grande do Sul será de outra sigla.

A contrapartida para o Republicanos será indicar o vice. Áureo Tedesco, é ‘o cara’. Não é segredo que o atual vice-prefeito pode voltar ao partido pelo qual concorreu a primeira vez, em 2012, para fazer chapa com Levi, caso o médico ganhe a III Guerra Aldeana contra Jones Martins no MDB – a I Guerra foi nos anos 80, com o rompimento entre Abílio dos Santos e o clã de Dorival de Oliveira, e a II Guerra foi nos anos 2000, entre os grupos de Daniel Bordignon e Sérgio Stasinski.

A novidade do dia para alguns, mas não para leitores do Seguinte:, já que tratei disso em novembro, no artigo Fraga após a ’ponte’ para Dr. Levi candidato de Marco Alba, é que Selma Fraga, presidente da AGTI, a associação de tecnologia do município, e primeira suplente do DEM, corre por fora para ser vice do candidato do governo.

Nesta tarde, Selma – que, só para cultura do leitor, é esposa do ex-vereador João Carlos Beretta, o cara que anulou Maradona em 82 quando o Inter ganhou o Joan Gamper do freguês Barcelona – se reuniu com o vereador Fábio Ávila e recebeu o convite oficial para se filiar aos Republicanos.

Como ninguém me atendeu, uso de fonte que conta que, no café do Centro, onde aconteceu o convescote, a voz inconfundível de Ávila revelou:

– Dr. Levi vai para o MDB e é o candidato do Marco.

Ao fim, aos que me perguntam se Dr. Levi é mesmo o candidato do Marco, a resposta é a mesma que dou para aqueles que me perguntam se Deus existe:

– Pergunte a ele.

Levi não me responde.

Nem Deus.

 

LEIA TAMBÉM

Zap-zaps sobre Dr. Levi para prefeito de Gravataí

Voto secreto deve incendiar ’prévias’ no MDB de Gravataí; o prazo do Dr. Levi

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade