política

PT de Gravataí age no modo Dênis Abrahão; A CPI da Sogil e ’nós contra eles’ os animais

Subsídio para linhas municipais operadas pela Sogil é pauta-bomba da política de Gravataí em 2021

Por vezes, o PT de Gravataí parece agir no ‘modo Dênis Abrahão’. Reputo estilo anos 80 duas resoluções de encontro híbrido do diretório de Gravataí.

Reproduzo a postagem e, abaixo, analiso.

“…

1. Apoiar a oportuna criação da CPI da Sogil, proposta pela oposição na Câmara de Vereadores. Os repasses de verbas públicas para a empresa privada manter seus lucros é um abuso feito pelo governo Zaffalon, que dá aos pobres com uma mão e tira com a outra. É preciso abrir a caixa preta que envolve tarifas e negociações entre Prefeitura e Sogil.

2. Apoiar os carroceiros da cidade, ameaçados por uma lei hipócrita que, sob argumento de proteger os animais, condena milhares de pessoas à miséria. A lei aprovada é uma piada, não prevendo nenhuma alternativa séria aos trabalhadores que dependem das carroças. Amar animais não pode significar ódio às pessoas.

…”

Sigo eu.

É natural o apoio à CPI. O partido é oposição desde o golpeachment que cassou Rita Sanco. Não tem vereadores eleitos, então apenas torce para que Cláudio Ávila consiga a improvável sétima assinatura que analiso em Por que CPI da Sogil nasce morta em Gravataí.

Dos Grandes Lances dos Piores Momentos é o PT falar em ‘caixa preta’ do contrato da Sogil, quando tem digitais de seus governos nele.

A margem de lucro também é a mesma estabelecida no governo Sérgio Stasinski.

Alternativa também não foi apresentada, para além da inviável estatização que analisei em fevereiro em Apareceu o primeiro Frankenstein para ’salvar’ Gravataí do subsídio milionário ao transporte público; É do PT!.

Só criticar é muito anos 80.

É jogar para torcida, tipo Dênis Abrahão, esse dirigente folclórico do Grêmio.

Também sem nunca ter proposto alternativa para escravidão dos animais, e também dos trabalhadores, critica uma lei que garante o apoio aos carroceiros – ou anula-se ela própria, como tratei em O fim das carroças em Gravataí e o açoite da verdade – e nem começou a ser aplicada.

O projeto da vereadora ativista da causa animal Márcia Becker (MDB) foi recém sancionado e o primeiro passo é o cadastramento dos carroceiros.

Em Vereadores aprovam fim das carroças em Gravataí: ’Não deixarei carroceiros desassistidos’, garante prefeito Zaffa; Assista e siga os votos o próprio prefeito garantiu que ninguém ficaria na miséria.

Mas o que mais me choca é a nota do PT, mesmo que sem intenção, subsidiar uma polarização rasa entre ajudar/gostar de animais ou humanos.

No Grande Tribunal das Redes Sociais resta a interpretação.

Conseguiu o PT criar um ‘nós contra eles’ com os animais!

Esse ‘bem contra o mal’ é muito anos 80.

É populismo Dênis Abrahão.

Ao fim, parece que algumas políticas anacrônicas não devem mudar nem com a volta de Daniel Bordignon.

O ex-prefeito curtiu a postagem.

 

LEIA TAMBÉM

Zaffa torna lei o fim gradual das carroças em Gravataí; O resgate da égua Tubiana

R$ 3,80 em janeiro: Zaffa anuncia tarifa mais baixa da região metropolitana; ’Desafio apresentarem solução sem subsídio’ à Sogil

Zaffa garante ’dinheiro novo’ para Gravataí ter tarifa mais barata da região metropolitana; Conta de 2021 com a Sogil está zerada

’SUS do transporte público’ vai garantir tarifas mais baratas em Gravataí; Como Zaffa desarma a ’pauta-bomba’ da Sogil

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade