opinião

O primeiro enfrentamento entre Jones e Marco Alba

Clebes Mendes, Paulinho da Farmácia e Nadir Rocha com Jones Martins, na Câmara, em 2019

Printe & Arquive na Nuvem.

O recesso parlamentar, as ‘férias dos vereadores’ de Gravataí, encerra na terça, dia 4. Horas antes da primeira sessão das 17h, os cinco vereadores do MDB vão escolher o líder da bancada.

No partido já há até ofício assinado pela presidente Sônia Oliveira indicando Alan Vieira, como tratei em Alan líder da bancada é ’ganhada’ de Marco Alba; ruim para Jones, artigo em que revelei a estratégia para o vereador, que é o mais próximo ao prefeito Marco Alba, ter, conforme o Estatuto do MDB, ter dois votos no diretório na escolha do candidato do governo à Prefeitura.

Mas, pelo que o Seguinte: apurou, o acordo prévio, firmado informalmente quando da escolha de Alex Tavares, não deve ser cumprido. Alan terá apenas seu voto. Tavares, Clebes Mendes e Paulinho da Farmácia, além do próprio, votarão em Nadir Rocha.

Se confirmar o 4 a 1, será uma vitória de Jones Martins, uma ‘prévia da prévia’ que o ex-deputado federal articula convocar no partido para disputar a indicação com Dr. Levi ou Luiz Zaffalon, e tratei em Voto secreto deve incendiar ’prévias’ no MDB de Gravataí; o prazo do Dr. Levi.

Um indício também estava em Nadir não quer Dr. Levi para prefeito; ’somos todos incompetentes no MDB?’.

Ao fim, como já alertei, será a chama do logotipo do MDB virando incêndio na Austrália.

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade