opinião

O oportunismo de políticos de Cachoeirinha

Erro é ter compromisso com erro. Ninguém precisa continuar sócio de coisas que considera erradas apenas para não parecer um incoerente político. Mas está chato ver políticos de Cachoeirinha nas redes sociais em um dia apontando incompetência de gestões das quais fazem ou fizeram parte – os próprios ou familiares – e, no outro, batendo selfie junto às boas obras e programas do governo.

Quando está errado, a live diz que 'foram eles’, 'não tenho nada com isso'.

Quando está certo, ‘fui eu’, ou 'é obrigação'.

Por enquanto é estelionato intelectual.

Infelizmente, com a inesquecível falta de memória do eleitor, arrisca nas eleições do ano que vem evoluir para estelionato eleitoral.

Como já escreveu Nelson Rodrigues, "não se faz literatura, política e futebol com bons sentimentos".

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade