política

O músico no cemitério público de Gravataí; Governar também pode ser simples

Imagem da interpretação do músico Claiton Paim retirada do vídeo reproduzido nesta matéria

O prefeito Luiz Zaffalon fala, desde que assumiu em janeiro, em buscar uma "sensação de pertencimento" em quem mora em Gravataí.

Reputo uma ação simples e barata, que ele autorizou neste Finados, merece parabéns. Um músico recepcionou famílias que visitaram o Cemitério Municipal (Rua Nestor de Moura Jardim, 750, bairro Salgado Filho) no sábado.

Nesta terça o cortejo musical se repete, com Claiton Paim. 

– A ideia é confortar e deixar o momento de homenagens aos entes queridos mais suave e agradável para os familiares e amigos – diz o secretário de Serviços Urbano, Paulo Garcia.

Ao fim, são coisas assim que incentiva o 'bairrismo do bem' que Zaffa quer. É uma ação rotineira em cemitérios privados. Se faz bem para o rico, também faz para os mais pobres.

É claro, com um cemitério público bem cuidado, antes de tudo.

 

Assista à interpretação do músico

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade