política

Gravação complica político de Gravataí em ’Lava Jato Viamão’

Carlito Nicolait foi vereador entre 2009 e 2016

O Seguinte: teve acesso a novas informações sobre o andamento das operações Capital e Pegadas, a ‘Lava Jato de Viamão’. Um político de Gravataí se complica em gravações. É o ex-vereador de Gravataí Carlito Nicolait, que em mais uma denúncia feita pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP/RS) contra o prefeito André Pacheco (PSD) é citado junto com o vereador Sérgio Ângelo e os ex-secretários Jair Mesquita e Éderson Machado, o Dédo.

Carlito, vereador mais votado da história de Gravataí em 2008, secretário nos governos Daniel Bordignon (Fazenda) e Sérgio Stasinski (Saúde) e, após as denúncias, abatido do favoritismo para coordenar a campanha de Dimas Costa (PSD) à Prefeitura em 2020, comandou por 7 meses a Secretaria da Saúde do município vizinho.

De acordo com a coordenadora da Procuradoria de Prefeitos do MP, André Pacheco, Sérgio Ângelo, Jair Mesquita e Dédo Machado serão denunciados por organização criminosa (Lei nº 12.850/2013) junto à Quarta Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado (TJRS). A procuradora do MP Ana Rita Nascimento Schinestsck cita a prática de crimes de responsabilidade, falsidade ideológica, delitos de corrupção e descreve como os denunciados agiam de forma conjunta no intuito de obter vantagens ilícitas.

Ainda não há denúncia contra Carlito. O que o complica o político é que, como prova de que houve pelo menos um pedido de propina a fornecedor da Prefeitura transcrição de conversa, o Ministério Público apresentou uma conversa intermediada por ele e que teria como beneficiário o prefeito André Pacheco. O valor: R$ 750 mil.

 

Siga print do diálogo apresentado pelo MP como prova de pedido de propina:

 

Carlito Nicolait não respondeu ao pedido de entrevista. Ele falou ao Seguinte: dia 8, sobre a denúncia feita pelo MP por falsidade ideológica em um dos três processos das operações Capital e Pegada: Ex-vereador de Gravataí é acusado por fraude na ’Lava Jato Viamão’; Sou injustiçado, diz Carlito.

CLIQUE AQUI para ler em nosso Diário de Viamão a reportagem completa onde o jornalista Cristiano Abreu detalha a denúncia contra os políticos do município vizinho.

 

LEIA TAMBÉM

Como político de Gravataí foi envolvido na ’Lava Jato de Viamão’; Carlito Gandhi de Calcutá

’Lava Jato de Viamão’: os diálogos entre o prefeito e o vereador

’Lava Jato de Viamão’ bloqueia 15 milhões em bens de prefeito e investigados como ex-vereador de Gravataí; leia diálogos

 

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade