opinião

Esquerda de estrelas envergonhadas em Gravataí?; a desmentir

PT, PDT e PCdoB se reuniram pela primeira vez no ano eleitoral

Não por torcida ou secação, mas restou-me uma dúvida ao receber a notícia abaixo:

 

“(…)

Partidos de esquerda de Gravataí reuniram-se no início da noite desta segunda-feira em defesa da democracia e dos direitos sociais.

Após convite do PT, PDT, PC do B e PSB discutiram a necessidade de construir uma ação em resposta a provocação do presidente Jair Bolsonaro de fechamento do Congresso e do STF. 

Todas e todos os presentes se manifestaram favoráveis à construção desta unidade em defesa da democracia e, inicialmente, nos somaremos a agenda nacional, com as datas já propostas.

Dia 8/3 – mulheres pela Democracia 

Dia 14/3 – 2 anos de assassinato de Marielle Franco

Dia 18/3 – greve nacional da educação. 

(…)”

 

Lá vai o chato analisar.

É uma esquerda envergonhada?

Na foto, com todo respeito aos históricos, e ativos militantes, não há nenhuma das principais lideranças esquerdistas da aldeia, como a ex-prefeita Rita Sanco, o ex-prefeito Daniel Bordignon ou as candidatas a prefeita e vice Anabel Lorenzi e Rosane Bordignon.

Nenhum vereador aparece.

Ninguém postou nadas nas redes sociais.

Como ficou combinada uma nova reunião para quarta, dia 11, às 18h30, na sede do PT, “quando serão ampliados os convites para outros partidos e entidades sociais”, minha dúvida poderá ser respondida.

Ao fim, em política, na maioria das vezes, as presenças gritam mais que palavras.

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade