opinião

Demétrio se defende da ameaça de cassação; Deus seja louvado

Demétrio Tafras é vereador de primeiro mandato em Gravataí

Demétrio Tafras se manifestou sobre a ameaça de cassação, que tratei no artigo Entendo a decisão hipócrita do PDT de expulsar vereadores Peixe e Demétrio; do #tbt ao hômi na kombi.

O vereador contesta a justificativa da executiva municipal, comandada por Anabel Lorenzi, Rosane e Daniel Bordignon, de que foi infiel ao votar com a base do governo Marco Alba – e em si mesmo – na eleição para a Mesa Diretora da Câmara, em dezembro.

– Não assinei nenhuma ata de reunião – resume o parlamentar, que alega não ter participado da decisão que escolheu um candidato de outro partido à presidência do legislativo, Dilamar Soares, hoje no PSD, mas já com ingresso acertado no PDT a partir da janela de março que permite a troca de partido sem risco de perder o mandato.

A íntegra do textão que Demétrio postou em seu perfil no Facebook você lê clicando aqui.

Ao fim, o vereador – que sofre com seus votos na eleição o que não sofreu pelo envolvimento de seu nome no caso da ‘rachadinha’ de salários quando era CC do gabinete do ex-deputado estadual Jardel – vai se filiar ao PSDB e trocar a oposição pela base do governo.

A expressão ‘Deus seja louvado’ com a qual encerra sua nota, Demétrio vai compartilhar a partir de março com Marco Alba, que a usa aos encerrar todos discursos.

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade