crise do coronavírus

Casal responde por homofobia em frente ao Hokkaido em Gravataí; O relatório do delegado

Vídeo viralizou nas redes sociais após ser postado por casal que alega ter sido vítima de homofobia

O delegado Marcio de Jesus Zachello, da 1ª Delegacia de Polícia Civil de Gravataí, indiciou por homofobia casal por incidente em frente ao Hokkaido, tradicional restaurante de Gravataí, em agosto do ano passado.O Giro de Gravataí publicou vídeo do incidente que viralizou no Grande Tribunal das Redes Sociais.

A denúncia feita pelo casal homoafetivo tinha chegado à deputada federal Fernanda Melchionna (PSOL), da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos Humanos.

O Seguinte: teve acesso ao relatório do delegado, que circulou entre policiais, e com base em decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) criminaliza a homofobia e indicia o casal em penas que vão de um mês a cinco anos de prisão.

 Ao fim, nem comento, porque tenho medo de naturalizar os comentários que veremos neste artigo.

CLIQUE AQUI para ler o relatório do delegado.

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade