opinião

Anabel também vai para trás do muro? Postou e apagou Lula

Posto que Anabel fez e apagou

Sexta Anabel Lorenzi (PDT) compartilhou em seu perfil de Facebook reportagem de Zero Hora, com foto de Lula, e declaração do presidiário mais famoso do mundo sobre Sérgio Moro, Deltan Dallagnol e Cia: “Quero provar que eles são bandidos e não eu”.

Logo depois apagou, por iniciativa própria ou pelo alerta de Daniel Bordignon, Rosane Bordignon ou Dilamar Soares, de que pode prejudicar sua candidatura a prefeita de uma Gravataí que ano passado deu sete a cada dez votos para Jair Bolsonaro.

Ao desistir do post, Anabel, que brinquei ser, em 2018, A Esquerdista do Ano, pode estar evidenciando que, a medida em que chega o ano eleitoral, ruma também para, não em cima mas atrás do muro, como já o faz há um bom tempo outro ex-PT, Dimas Costa (PSD), também candidato a prefeito pelo que chamo de ‘Centrão de Gravataí’.

Em tempos obscuros, utopia, como dizia o cético, é a crença do cego no arco-íris.

 

LEIA TAMBÉM

Por que Anabel chorou

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade