crise do coronavírus

Abre tudo 24h: Zaffa apresenta novas regras para pandemia em Gravataí; ’Tudo que é licito pode funcionar’

Prefeito de Gravataí Luiz Zaffalon falou em live na noite deste domingo

O prefeito publicou na noite deste domingo decreto municipal com novas regras do ‘3 As’ para Gravataí. O novo sistema de controle da pandemia começou a valer neste domingo em todo Rio Grande do Sul, como tratei sábado em Gravataí e Cachoeirinha: como estão números da COVID na estreia do ’3 As’; UTIs seguem lotadas.

– Uma frase que gostei e resume bem: toda atividade lícita está permitida em nossa cidade – disse Luiz Zaffalon, em vídeo que você assiste logo abaixo.

– Somos todos responsáveis. O decreto pode mudar a qualquer momento se indicadores piorarem. Vamos nos cuidar, para que a economia volte a funcionar – apelou o prefeito, que como todos os colegas gaúchos, agora tem a responsabilidade de definir o grau de flexibilização do distanciamento, como tratei em artigos como Sai a ciência, entra a política: Leite passa pincel de colorir mapinha para prefeitos de Gravataí e Cachoeirinha.

As atividades podem funcionar 24h, sem ‘toque de recolher’. Está liberado desde o comércio até música ao vivo (sem pista de dança), academias, cultos e quadras de futebol, com regras determinadas.

O transporte coletivo permite ocupação de todos os bancos e mais 20 passageiros em pé nas linhas municipais e intermunicipais, ou 75% da capacidade. O Direto, ou semi, tem como limite a lotação dos bancos.

O uso de máscara segue obrigatório.

CLIQUE AQUI para acessar o Decreto Municipal 19101/2021 e todas as regras para Gravataí.

– Os números de internações estão caindo, mas precisamos ter responsabilidade e seguir tomando os cuidados sanitários – apelou.

A ocupação neste domingo é de 90% nos leitos de Gravataí, como informou o secretário da Saúde Régis Fonseca. Na noite de sábado, como reportei no artigo que linkei acima, era de 100% e com 6 pacientes aguardando leito.

O secretário também projeta continuar, a partir do meio da semana, a vacinação de profissionais da educação. A imunização para grupos com comorbidades segue nesta segunda, como você pode acompanhar sempre em cards no Facebook da Prefeitura.

– A Prefeitura não pode comprar vacinas. O que temos para aplicar é o que recebemos do Ministério da Saúde – explicou o prefeito.

Zaffa também anunciou a distribuição de passagens gratuitas para pessoas com necessidades. A compra é parte do subsídio de R$ 5 milhões para manter as passagens congeladas em R$ 4,80. Os critérios serão divulgados pela Secretaria de Assistência Social.

– São dois anos e meio com a mesma tarifa – lembrou Zaffa.

 

Assista do vídeo completo

 

LEIA TAMBÉM

Com Supremo & tudo, Gravataí segue vacinação de professores sexta; A politicagem, o justo, Deus e a ciência

Em 24h, Gravataí e Cachoeirinha garantem vacinas para professores; Justiça autoriza

Por que Hospital de Campanha de Cachoeirinha fechou e o de Gravataí não; Zaffa acerta como Marco Alba

O ’caminho da extinção’: Gravataí volta ter mais nascimentos que óbitos; O Nostradamus da pandemia e a profecia da terceira onda

 A virulência da COVID em Gravataí: O mês que teve mais mortes que nascimentos

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade