opinião

20 mil é teto de gasto para campanhas ao Conselho Tutelar; ’é verdade esse bilhete’?

Está lá, no Diário Oficial, no Capítulo IX do Edital 1/2019, que regulamenta a eleição para o Conselho Tutelar de Gravataí, que acontece em 6 de outubro:

“(…)

Art. 79 Será considerado abuso econômico, aquela propaganda realizada por candidato que exceder a R$ 20.000,00 (vinte mil reais).

Art. 80 Será exigida a prestação de contas do valor gasto na campanha de todos(as) os(as) candidatos(as), a qual se dará frente à Comissão Eleitoral em até 72 (setenta e duas) horas após o pleito.

(…)”.

Para fiscalizar, há uma Comissão Eleitoral, cuja direção é definida assim no Art. 12:

“(…)

I – Presidente: Patrícia Gautério Dias (Pastoral da Criança);
II – Vice-Presidente: Joice Michels (SMFCAS);
III – Secretária: Carla Rosane Basques (Associação Casa da Criança Patinho Feio).

(…)”

Teto de R$ 20 mil? 'É verdade esse bilhete'?.

Já foi troco em eleições. 

Mas neste ano, é claro, todos vão respeitar o limite de gastos, sem caixa 2, 3, 4…

Por esporte, observemos, calculemos e, depois de outubro, ajudemos a Patrícia, a Joice e a Carla.

O edital você lê na íntegra clicando aqui.

 

LEIA TAMBÉM

A lista de quem pode concorrer ao Conselho Tutelar de Gravataí

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade