obras

Saiba quais vias de Gravataí serão as próximas asfaltadas no programa de 50 milhões de Zaffa

Prefeito Zaffalon assinou contrato para mais três obras de reestruturação asfáltica

O prefeito Luiz Zaffalon assinou nesta quinta-feira o contrato com a CPS Construção, Projetos E Sinalização Eireli, para a realização de mais três obras de reestruturação de vias no programa PavimenTAÍ, que tem financiamento já liberado de R$ 50 milhões para investimentos em mobilidade e saúde.

Os contratos se destinam a realização de obras de reestruturação e revitalização asfáltica das estradas do Gravatá, 1.880 metros, no trecho da ERS-030 ao Trevo da GM e Avenida Prefeito Acimar Silva, com acesso à Freeway, e da Lomba do Vadeco, com 1.400 metros de extensão.

Na Avenida Itacolomi, serão reestruturados 1.800 metros, no trecho 1 da obra, da rótula em frente à Ulbra até a Estrada Vânius Abílio dos Santos.

Todas as vias receberão ciclovia compartilhada com passeio, para utilização de pedestres e ciclistas.

Conforme o prefeito, em um segundo momento a Prefeitura também fará a pavimentação da Rua Joel Amaral e da Estrada Vânius Abílio dos Santos e os passeios da Avenida Dorival, no trecho entre a Rua Anápio Gomes, no Centro, até o viaduto da ERS-118; e a duplicação da ERS-030 até a Estrada Acimar Silva.

– Serão muitas obras pela cidade, e contamos com a compreensão da população, porque esse tipo de intervenção acaba gerando mudanças no tráfego, mas é importante saber que é para, justamente, melhorar a vida das pessoas – disse Zaffa.

O vice-prefeito Dr. Levi Melo chamou a atenção para a necessidade de ampla divulgação das possíveis alterações no trânsito, para que os moradores tomem conhecimento previamente de eventuais transtornos momentâneos.

O prefeito Zaffalon alertou que, em breve, a ERS-030, no trecho entre a Prometeon (Ex-Pirelli) e o começo da Avenida Acimar Silva, também estará sendo duplicada, o que vai coincidir com a construção da elevada sobre a ERS-118, na entrada da cidade.

– Precisamos adequar nossos cronogramas de execução dos trabalhos no sentido de reduzir esses transtornos, como a utilização da Rua Gravatá como alternativa de acesso à Freeway. O que importa é que as obras estão acontecendo, e a cidade é quem ganha, mas temos de superar essas alterações no trânsito momentaneamente – conclui o prefeito.

Também estiveram presentes no ato de assinatura os secretários de Mobilidade Urbana, Guilherme Ósio, de Administração, Mauro Bossle, o secretário substituto de Obras Públicas José Trindade; e o representante da construtora, Vinícius Ribeiro Junqueira.

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade