Nova chance

CANOAS | VanCINA leva ’a montanha a Maomé’ contra a Covid-19; nova chance batendo à porta contra o negacionismo

Projeto estreia neste sábado no Rio Branco e vai percorrer bairros da cidade para aplicar primeira e segunda dose em que não se vacinou ainda. Foto: Guilherme Pereira/EComPMC

Projeto itinerante percorre bairros com maior vulnerabilidade social para vacinar população que ainda não tomou a primeira dose

No dístico árabe, na verdade, o profeta Maomé jamais arrastou uma montanha até si. Na verdade, ao ser inquerido para materializar um milagre como prova de podia ser ouvido por Deus, Maomé pediu que o monte Safa viesse até ele. Diante de incrédulos arabes e sem que a montanha se  movesse sequer um milímetro, o crente Maomé pôs a fé diante do imbrólio: agradeceu a misericórdia de Deus que, sem mover a montanha, evitou que uma geração de espectadores fosse esmagada por ela. E disse, então: "se a montanha não vai a Maomé, vai Maomé à montanha", iniciando a peregrinação a Safa como demonstração de agradecimento.

 

LEIA TAMBÉM

CANOAS | Efeito Ômicron: 2022 não vai ter Carnaval de rua em Canoas

CANOAS | Não é 12, é 21: segunda parcela do décimo dos servidores é presentão à economia

 

Um novo projeto da Prefeitura de Canoas, no entanto, leva a metafórica 'montanha' da vacina contra a Covid-19 aos incrédulos que sequer a primeira dose tomaram, ainda. É a VanCINA que, neste sábado, 4, começa o seu trabalho contra o negacionismo e a desinformação durante o Prefeitura na Rua no bairro Rio Branco. 

O projeto, desenvolvido pela Secretaria da Saúde, consiste de uma van equipada como se uma sala de vacina fosse. Ela percorrerá principalmente as regiões em vulnerabilidade social para vacinar a população, com foco naqueles que nem a primeira dose do imunizante toamaram ou que ainda não completaram o esquema vacinal. O veículo começa a circular já na manhã deste sábado, contemplando a comunidade do Elo Perdido e arredores, no Rio Branco.

Antecipando a chegada do veículo, agentes de saúde e um carro de som anunciam a atividade e chamam a população não vacinada. Para o secretário de Saúde, Maicon Lemos, a ação reforça o comprometimento da gestão em levar a vacinação para todos os canoenses. “A população vacinada diminui o risco de casos graves da doença. E, neste momento em que chega uma nova variante ao Brasil, ainda desconhecida, temos que intensificar os nossos cuidados e garantir a imunização para o maior número de pessoas”, diz.

Dessa vez, a montanha vai. Nos resta esperar que os 'maomés' por aí não cruzem os braços.

Programação da VanCINA:

6/12 (segunda-feira): saída às 9h, da Rua Alan Kardec, esquina com Irineu de Carvalho Braga – Rio Branco

7/12 (terça-feira): saída às 9h, da Rua Curitiba, esquina com a Rua da Barca – Mathias Velho

8/12 (quarta-feira): saída às 9h, ponto de parada do dia anterior – Mathias Velho

9/12 (quinta-feira): saída às 9h, do Loteamento Por do Sol, na Praça da Juventude Nélson Mandela – Guajuviras

10/12 (sexta-feira): saída às 9h, ponto de parada do dia anterior – Guajuviras

 

 

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade