Terceira dose

CANOAS | Reforço da vacina contra a Covid para quem tem mais de 18 depende de novas doses

Secretário da Saúde, Maicon Lemos prevê mudança na logística da vacinação para aplicar doses de reforço contra Covid-19 na população com mais de 18 anos. Foto: Divulgação ECom

Secretaria da Saúde de Canoas já pensa logística para a D3 anunciada pelo Ministério da Saúde

Tão logo cheguem a Canoas, as doses de reforço anunciadas pelo Ministério da Saúde para todos os vacinados contra a Covid-19 com mais de 18 anos serão imediatamente disponibilizadas. Quem garante é o secretário da Saúde, Maicon Lemos, que espera, ainda, a nota técnica que vai definir como será essa nova etapa da campanha. "Sabemos que o intervalo entre a segunda dose e o reforço será de cinco meses. Então, o primeiro público a ser chamado deve ser o que preenche esse período, ou seja, quem se vacionou há cinco meses", conta. 

Nesse lógica, devem ser chamados num primeiro momento as pessoas que receberam a D2 antes de 20 de junho. Por aqueles dias, estavam recebendo a D1 pessoas com 42 anos e a D2 quem tinha 58 anos. O público-alvo do primeiro chamado, no entanto, depende também do número de doses que chegará ao município – o que ainda não foi confirmado.

 

LEIA TAMBÉM

CANOAS | Retaguarda para o mutirão ’zera fila’: a missão dos novos 60 leitos do Gracinha

CANOAS | Full Gauge vai quadruplicar produção e empregar mais 300 em nova unidade no PCI

 

Maicon Lemos disse ainda que é possível a volta da vacinação aos postos com a chegada das doses para o reforço. "Vamos avaliar essa logística e provavelmente ampliar os locais para vacinação", antecipa. "Assim que chegarem as doses, a chamada para a dose de reforço começa".

O Governo do Estado informou no início da tarde desta quarta-feira, 17, que espera para sexta, 19, a chegada do primeiro lote de vacinas destinado à dose de reforço no Rio Grande do Sul. A logística no Estado prevê um dia para entrega aos municípios da 1ª Coordenadoria Regional, a qual pertence Canoas. "A Prefeitura vai divulgar o calendário assim que possível, com os locais e horários de vacinação", completa o secretário.

 

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade