Em pleno feriadão

CANOAS | O 7 de Setembro bolsonarista vai ser na Praça do Avião: Canoas e os seus ’cruz na testa’

Nilce concorreu a vereadora em 2020 pelo PRTB e ajuda a organizar o ato a favor de Bolsonaro no feriado da Independência. Foto: Reprodução Facebook

Ato pró-Bolsonaro está sendo organizado para manhã do feriado da Independência

ATUALIZADA – A expressão 'cruz na testa' surge no século II depois de Cristo, na Europa medieval ainda dominada por seitas pagãs e religiosidade difusa. Os católicos praticantes, naquela época, faziam o sinal da cruz na testa e não da cabeça ao peito, como é comum hoje. A prática ainda foi reavivada literariamente na obra de Gabriel García Márquez, Cem Anos de Solidão, ao magicamente descrever como um grupo inteiro da família Buendiá ficou marcada para sempre com as tais 'cruzes na testa' ao frequentarem a mesma fé.

A expressão secular acabou por definir os fiéis mais arraigados: o 'cruz na testa' é aquele que não desiste.

No feriado de 7 de Setembro, Canoas vai testar seus 'cruz na testa' em apoio ao presidente Jair Bolsonaro em um ato marcado para iniciar às 10h na Praça do Avião. O blog conversou com uma das organizadoras do evento, Nilce Bregalda Schneider, que concorreu a vereadora pelo PRTB de Simone Sabin em 2020. Ela conta que o evento será pela manhã para permitir que a turma canoense participe da atos em Porto Alegre, à tarde. "Solicitamos à Prefeitura o fechamento da Rua Ipiranga da Teixeira de Freitas até a Getúlio Vargas", conta Nilce. "É difícil fazer uma previsão porque as pessoas vão aderindo mesmo nos últimos dias, mas esperamos cerca de mil pessoas em Canoas".

 

LEIA TAMBÉM

CANOAS | Acordo com empresas de ônibus estanca greve metropolitana; já na Sogal, clima ainda é de tensão

CANOAS | As duas faces da visita de Lasier Martins a Canoas: o convite, o aperto de mãos e o '2022 é logo ali' do senador

 

O pano de fundo da manifestação será o apoio ao presidente e sua cantilhena pública repetida à exaustão nos útimos meses. "Voto impresso, auditável e com contagem pública dos votos. É isso que pedimos", avisa Nilce.

Ela também fala em "sanear as instituições", o que, garante, não é 'golpismo'. "Apoio total ao presidente Bolsonaro para que possa agir dentro das quatro linhas da Constituição", diz Nilce – que, claro, vai à praça de verde e amarelo em pleno feriadão.

 

ATUALIZAÇÃO – Este post publicou, inicialmente, que o ato pró-Bolsonaro aconteceria na Praça da Bandeira, em Canoas. Na verdade, os atos vão se concentrar na Praça do Avião, na Avenida Getúlio Vargas, à margem da BR-116. O texto já foi corrigido.

 

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade