Cidade

CANOAS | Não fosse a pandemia, Canoas já teria OP de novo

Prefeito defende ferramenta de participação entre comunidade e o governo inspirado no antigo OP, mas com modificações. Foto: Guilherme Klamt/Seguinte:

Prefeito Jairo Jorge contou ao blog que pretende fazer encontros preparatórios para Conferência da Cidade como uma espécie de Orçamento Participativo aprimorado

Nada do que foi será do jeito que já foi um dia, disse uma vez Lulu Santos – e isso vale também para esse revival do Orçamento Participativo em Canoas. Diferente de anos anteriores, quando se mobilizavam pela cidade conselheiros e delegados, plenárias micro e macrorregionais, agora o OP seria 'soft'. De leve, em outras palavras – mas com o mesmo espírito de divisão de poder decisório do governo com a população que vive a cidade. De acordo com o prefeito Jairo Jorge, que conversou com o blog há alguns dias, a discussão sobre investimentos na cidade aconteceria em reuniões preliminares à Conferência da Cidade, desta vez. O evento está de pé, programado para acontecer entre os meses de maio e junho, provavelmente. 

Seria agora em abril, provavelmente, não fosse o coronavírus e sua intransponível medida que exige evitar aglomerações.

Com os índices da pandemia baixando, no entanto, o plano pode ser retomado. Tudo começa com um cronograma de audiências por bairro. Nesses encontros, a população poderia discutir e propor obras ou novos serviços naquela determinada região. As demandas, então, seriam discutidas no governo e levadas à Conferêcia da Cidade.

 

LEIA TAMBÉM

CANOAS | Beth Colombo já elegeu seu desafio número 1 na Educação

CANOAS | Dengue por aqui: 5 casos confirmados

 

A formatação defintiva do 'neo-OP', conforme o prefeito, não está definida. A ideia da participação das pessoas nas decisões sobre investimentos, sim. "A pandemia não permitiu ainda, mas conforme a gente avance, a ideia é termos ferramentas de participação ativa da comunidade junto ao governo", disse Jairo Jorge.

As regras do processo e o cronograma devem ficar a cargo da nova Secretaria de Governo, comandada pelo vice-prefeito Nedy de Vargas Marques. Essa semana, a estruturação da secretaria aconteceu na prática, com a redistribuição de cargos e funções – especialmente as que estavam ligadas à Governança e ao Gabinete do Prefeito.

Em breve, novidades.

 

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade