história

Casa dos Baptista, origem de Cachoeirinha, é tombada como patrimônio histórico

O Decreto N° 7386/2022, publicado segunda-feira no Diário Oficial do Município, determinou o tombamento da Casa dos Baptista, patrimônio histórico mais importante de Cachoeirinha.

O imóvel, localizado no interior do Mato do Júlio, é a sede da antiga Fazenda da Cachoeira, pertencente ao Comendador João Baptista Soares da Silveira e Souza (aproximadamente 1801-1870) e seus herdeiros.

É a fazenda que deu origem ao município de Cachoeirinha.

Trata-se do único imóvel do período colonial e imperial existente no município, sendo sua construção mais antiga e mais importante. O tombamento da Casa dos Baptistas representa o final de um longo processo judicial de defesa do patrimônio histórico, iniciado em 1997, pelas professoras Isabel Mombach e Valquíria Boeira.

Ao decretar o tombamento da antiga casa de fazenda, o prefeito em exercício, Maurício Medeiros, também determinou uma área de entorno de 6,3 hectares, na qual deve ser preservada a ambientação original do imóvel, resguardando assim a paisagem histórica e o sítio arqueológico nele existente.

Uma vez concluída a medição da área de entorno, se procederão aos registros públicos do tombamento, permitindo assim que sejam executadas ações de contenção aos danos na Casa e sua eventual restauração.

Conforme a secretária de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo, Sueme Pompeo de Mattos, o tombamento da Casa dos Baptista é um dos acontecimentos culturais mais importantes da história de Cachoeirinha, que marcará definitivamente a relação da cidade com seu patrimônio histórico, associada à constituição de uma memória coletiva:

– Considerando que é por meio da memória que nos orientamos para compreender o passado da nossa história.

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Emocore Rave

Expansionismo genético Votem no clichê sagrado Em edição americana Sempre haverá uma Salém Ossos no fundo do poço Carne new wave Emocore rave Para o mal Para o bem.

Leia mais »