Obras

CANOAS | Perimetral Oeste está nascendo: do Rio Branco ao Mathias sem precisar ir a Guilherme Schell

Prefeito Jairo Jorge assinou ordem de início da obrasde 2,2 km entre a Boa Saúde e o Arroio Araça. Avenida inteira chega 8km

Os 2,2 quilômetros da Avenida Irineu de Carvalho Braga, entre a Rua Boa Saúde e o Arroio Araçá, no Bairro Rio Branco, vão passar por uma profunda transformação. Na manhã desta sexta-feira, 11, a Secretaria de Obras e o consórcio das três empresas licitadas assinaram a ordem de início das obras que devem começar nesta terça-feira, 15, se a chuva ajudar. Este é o trecho 7 da Perimetral Oeste, que trará impactos significativos para a mobilidade urbana, a paisagem e a vida dos canoenses. “Esta é uma obra emblemática. É estratégica para o futuro de Canoas e para o desenvolvimento de toda a região oeste, que pode e deve crescer ainda mais”, destaca o prefeito Jairo Jorge.

A Perimetral Oeste será fundamental para desenvolver os bairros Rio Branco, Fátima, Harmonia e Mathias Velho. A ligação, que vai da Rua Curitiba até a Rua Hermes da Fonseca, no Rio Branco, vai reorganizar toda a mobilidade no lado oeste da cidade, trazendo melhorias não só para a mobilidade urbana, mas também para a qualidade de vida dos cerca de 40 mil moradores da região. “Esta é a cereja do bolo de todas as obras de infraestrutura da cidade. Talvez seja a obra de maior vulto que a Canoas já teve”, afirma o secretário adjunto de Obras, Marco Antônio da Silva Oliveira.

O trecho 7 é considerado um dos mais importantes da rodovia. O canteiro central será transformado em um espaço de convivência, com quadras de esporte, pista de skate, banheiros, academia pública, áreas de lazer, passeio, ciclovia, entre outras melhorias. Duas novas pontes também substituirão a antiga, hoje em estado precário. A previsão de conclusão das obras, de acordo com a Secretaria Municipal de Obras, é de 12 meses, e o investimento total será de R$ 41,6 milhões.

“Essa é uma das principais obras da nossa gestão”, afirma o prefeito, lembrando que o projeto da Perimetral Oeste começou em suas duas gestões anteriores, com o fechamento e canalização da Vala do Leão. Agora, o projeto ganha uma nova dimensão, com o início das obras do trecho do Mato Grande até o Rio Branco. “A exemplo do que já fizemos nos trechos iniciais, vamos fazer também agora. E já temos recursos garantidos, pelo governo do Estado, para complementar toda a obra da Perimetral”, anuncia o prefeito.

 

Mobilidade sem depender da Guilherme Schell

Com um total de 8,2 quilômetros, a Perimetral Oeste, paralela à RS-448, ligará de ponta a ponta todo o lado oeste da cidade, passando pela Avenida Eng. Irineu de Carvalho Braga, Rua José de Alencar, Rua Roberto Francisco Behrens e Rua da República. O consórcio vencedor da licitação é formado pelas empresas Construtora Giovanella, Dobil Engenharia e construtora e pavimentadora Pavicon.

A Perimetral Oeste integra o Programa Asfaltaço que, em 2021, recuperou 5.578 metros de vias, em 44 obras na cidade. Somente nos primeiros dois meses de 2022, foram concluídas outras três obras, com 1.135 metros de asfalto. E a previsão, até o final do ano, é entregar 88 vias, com um total de 18.524 metros de asfalto e investimentos de R$ 108,2 milhões.

Entre os destaques do Programa estão as obras estruturantes já concluídas da Avenida Boqueirão (4.300 metros) e da Avenida Rio Grande do Sul (4.885 metros), que seguem em fase final de obras complementares. Na Avenida Curitiba, está em andamento o capeamento de 5.037 metros de via. Outras obras que devem começar em breve são: Rua Berto Círio, Rua Rio dos Sinos, Rua Engenheiro Kindler, Rua Rio de Janeiro, Rua Amazonas, Rua Felipe de Noronha e Pólos da Júlio de Castilhos trechos 1 e 2.

 

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Emocore Rave

Expansionismo genético Votem no clichê sagrado Em edição americana Sempre haverá uma Salém Ossos no fundo do poço Carne new wave Emocore rave Para o mal Para o bem.

Leia mais »