Saúde

CANOAS | Pandemia sim, Covid não: o que está lotando a Pediatria do HU e outros hospitais infantis na região

Doenças respiratórios comuns à chegada do frio estão lotando leitos e UTIs pediátricas do HU e hospitais especializados em Porto Alegre

É a pandemia, mas não a Covid-19, a responsável pela lotação da ala infantil do Hospital Universitário, em Canoas – e mais quatro em Porto Alegre, todos com alas especializadas para o tratamento de doenças em crianças. Dr. Paulo Nader, coordenador da Pediatria do HU, explica:

"As crianças não tiveram contato com os vírus novos no ano passado e isso acaba baixando a imunidade".

Os 9 leitos da emergência pediátrica do HU estão ocupados. Isso fez com que a instituição emitesse um comunicado ainda na noite de sábado, 9, informando a população para que casos relacionados a doenças crônicas ou aqueles em que a criança apresenta temperatura de até 38 graus, procurem as UPAs da Boqueirão ou da Rio Branco.

 

LEIA TAMBÉM

CANOAS | Em nota, ACENI nega acusações do MP, fala em ’inverdades’

CANOAS | Justiça defere liminar e Estado terá de assumir intervenção no Pronto Socorro

 

O mesmo acontece no Hospital de Clínicas e no Hospital da Criança Conceição. Este último, aliás, não trabalhou um dia sequer em abril com menos de 110% da capacidade de internação infantil. Santa Casa e Hospital da PUC seguem a beira da lotação também.

Dr. Nader avalia que as doenças respiratórios da inverno, que geralmente surgem no final de abril, se anteciparam esse ano. Além de já termos uma passagem de ar polar pela região, as trocas acentuadas de temperatura típicas dessa época do ano já provocam seus efeitos. E, ainda, o isolamento que evitou o alastramento da Covid, hoje, permite uma troca maior de vírus comuns e suas variantes. É o caso da gripe, por exemplo. Crianças que apresentem baixa imunidade, por exemplo, podem se acometidas por eles.

De acordo com o médico do HU, é isso que explica a lotação da ala pediátrica.

 

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Emocore Rave

Expansionismo genético Votem no clichê sagrado Em edição americana Sempre haverá uma Salém Ossos no fundo do poço Carne new wave Emocore rave Para o mal Para o bem.

Leia mais »