Crise no transporte

CANOAS | Junta terá relatório sobre a Sogal em 15 dias; sindicato recua da saída

Audiência de terça na Justiça do Trabalho acertou retorno do representantes dos trabalhadores à Junta e prazo para relatório

A desistência do Sindicato dos Rodoviários sobre a participação na Junta Governativa que faz um pente-fino na gestão da Sogal é assunto do passado. Na terça, 20, empresa, governo e sindicato participaram de uma audência com a Justiça do Trabalho e saíram de lá combinados a manter a Junta em pé e apresentar um relatório dos trabalhados no proxímos dia 6 de maio – ou seja, daqui a duas semanas.

 

LEIA MAIS

CANOAS | Crise na Sogal, novo capítulo: sindicato deixa Junta Governativa; atos e consequências

CANOAS | ’Sabíamos que iria causar desconforto’: Lucas Lacerda e a saída do sindicato da Junta da Sogal

 

O presidente do Sindicato, Marcelo Nunes, expressou desconforto com a postura de Lucas Lacerda, um dos representantes do governo na Junta. O imbrólio levou a entidade a abandonar a comissão na semana passada. Na audiência desta terça, no entanto, a desembargadora Ana Luiza Heinecke Kruse, responsável pelo acompanhamento do caso, apelou ao bom senso e pediu o retorno do sindicato. Marcelo Nunes e o advogado da entidade, Dr. Damé, farão parte da comissão a partir de agora.

Também ficou combinado na audiência que em 6 de maio a Junta deve apresentar um relatório sobre a situação encontrada na empresa, as primeiras ações implementadas e, se possível, uma prévia plano de ação para recuperar a eficiência do transporte coletivo na cidade. O prazo final para conclusão dos trabalhos da comissão, conforme acordo assinado em 17 de março, é 17 de junho.

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Emocore Rave

Expansionismo genético Votem no clichê sagrado Em edição americana Sempre haverá uma Salém Ossos no fundo do poço Carne new wave Emocore rave Para o mal Para o bem.

Leia mais »